coluna Xadrez

Moro em defesa da Odebrecht é incompatível com partido

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 18 de março de 2021
Partido goiano avalia que não há chances de Moro se filiar para disputar presidência em 2022 - Ilustração: Takeshi Gondo

Venceslau Pimentel

Presidente do Podemos, em Goiás, o deputado federal José Nelto avalia que não há mais chances de o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, se filiar ao partido para disputar a sucessão de Jair Bolsonaro, em 2022, depois que ele passou a trabalhar na empresa norte-americana Alvarez and Marsal, que presta assessoria à empreiteira Odebrecht. À coluna, ele disse que a legenda se distanciou de Moro logo que ele anunciou que advogaria a favor de um dos principais alvos da Lava-Jato e que o partido vai optar por uma solução caseira, mas não quis adiantar nomes. “O eleitor não quer saber de direta e nem de esquerda. Ele quer resultados e nós do Podemos temos projetos para desburocratizar a máquina, quebrar monopólios e dar a quem investe no País segurança jurídica.

Recursos 

Na visita que fez ao presidente da Alego, Lissauer Vieira, o prefeito Rogério Cruz buscou informações sobre emendas parlamentares que destinam recursos para Goiânia. 

Na pauta 

A lei orçamentária do governo será votada, hoje, na Comissão de Finanças, em reunião às 10 horas, e depois será apreciada no plenário, em primeiro turno. 

Omissão

O STF é taxativo ao sustentar que não é verdade que proibiu o governo federal de agir no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Diz que decidiu que municípios, estados e União têm competência para tal. Quem não age, é negligente. 

Um só

O atual procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vechi, foi o único membro do MP que se inscreveu para o cargo, para mais um mandato, cujo prazo se encerrou ontem. Com isso, não haverá lista tríplice. 

Sem kit Covid 

Procurador da República em Goiás, Ailton Benedito pediu cópias à Sociedade Brasileira de Infectologia, que declarou que não recomenda tratamento precoce da Covid-19. 

Mais receita 

O governo espera arrecadar R$ 63,5 milhões com medidas para facilitar a quitação de débitos com a Fazenda Pública, sobre IPVA e ITCD. Esse valor, de acordo com Ronaldo Caiado, vai contribuir para que o Estado mantenha o equilíbrio das contas públicas e cumpra metas de arrecadação de receita. 

Alinhamento 

Em reunião com a sua equipe, no Paço, o prefeito Rogério Cruz pediu atenção às ações desenvolvidas por cada secretaria e autarquias, para atender à demanda dos goianienses. 

O que fazer 

Hoje tem videoconferência do TCM para orientar primeiros passos dos prefeitos e vereadores eleitos em 2020. Pandemia aumentou OS desafios dos gestores, com a queda de arrecadação. 

CURTAS 

- O falecimento de Maguito e a busca pela vacinação contra a Covid-19 adiam o anúncio da reforma administração do governo. 

- Candidato à sucessão de Rodrigo Maia, o deputado federal Baleia Rossi remarcou vinda a Goiânia para reunião com a bandada federal goiana.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar