18 de junho de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Rubens Salomão
07/03/2018 | 06h00
Detalhes separam Wilder Morais de aliança com MDB
O líder tucano ainda busca, via Brasília, garantir o apoio do partido a José Eliton (PSDB), com ofertas incertas sobre vaga na chapa, espaço no Governo ou até suplência

Articuladores ligados à pré-candidatura de Daniel Vilela (MDB) esperam para os próximos dias o anúncio do apoio do senador Wilder Morais (PP), com confirmação da vaga na chapa majoritária para a busca pela reeleição do empresário. Falta um detalhe: conversa a ser agendada para breve entre o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, com o governador Marconi Perillo (PSDB). O líder tucano ainda busca, via Brasília, garantir o apoio do partido a José Eliton (PSDB), com ofertas incertas sobre vaga na chapa, espaço no Governo ou até suplência. Para os vilelistas, há definição de que Ciro, em hipótese alguma, abriria mão da candidatura de Wilder e que buscará na reunião “cavar” espaço na base marconista. Mantida a falta de espaços, a tendência é de que até a próxima semana haja confirmação da composição. Aí o principal entrave seria a base do PP. Prefeitos e deputados seguem marconistas de carteirinha e, se não conseguir levar o partido, já há convite para que Wilder se filie ao MDB e mantenha o pleito à reeleição.


Até o fim

Em entrevista exclusiva ao O Hoje, José Eliton confirmou o afastamento com o senador Wilder Morais, mas reforçou a amizade entre os dois e que manterá esforços até o último momento para manter a aliança partidária.


Juntos?

“Evidentemente, vou continuar discutindo com meu amigo Wilder. Até porque o PP tem uma identidade muito forte com a base. Todos os prefeitos pepistas são ligados à base”, valoriza. Leia mais nas páginas 6 e 7.


Base articula indicação

O líder da base do Governo na Assembleia Legislativa, Francisco Oliveira (PSDB), articula apoio maciço dos deputados aliados à indicação do governador Marconi Perillo (PSDB) do atual secretário extraordinário de Articulação Polícia, também tucano Sérgio Cardoso, para vaga de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A intenção é mostrar respaldo político, já que a vaga em questão é da cota do Executivo. O cunhado do governador deve aguardar ainda o pedido de aposentadoria do conselheiro Sebastião Monteiro, o Tião Caroço, que pretende voltar à Assembleia Legislativa na eleição de outubro para, inclusive, buscar a presidência da Casa em 2019, caso eleito. “Temos ao menos 30 assinaturas de parlamentares para uma indicação tranquila, que vai contar com o respaldo da Casa”, afirma Chiquinho. A oposição já iniciou as críticas à indicação, com discursos ontem de Major Araújo (PRP), José Nelto (MDB) e Luis Cesar Bueno (PT). Todos apontam favorecimento indevido e falta de qualificação para o cargo.


CURTAS

Céu na Terra – Em momentos de indicação é bom atualizar: o cargo de conselheiro de Tribunal de Contas é vitalício, com aposentadoria rápida e salário de R$ 30,4 mil.


Verba carimbada - Projeto do deputado Daniel Vilela (MDB) busca garantir liberação de recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para cidades com presídio.


O retorno – Cumprido o prazo de 180 dias dado pela Justiça, o vereador Zander Fábio (PEN) voltou ontem a exercer o mandato. Ninguém acionou o Conselho de Ética, ainda.


Unanimidade

Deputados da base e da oposição questionados pela Coluna apresentam críticas semelhantes aos serviços prestados pela Celg-D nos últimos 12 meses, desde que foi privatizada com a aquisição pela italiana Enel.


Calma X pressa

A diferença é que os opositores pedem providências urgentes enquanto que os aliados conseguem ver avanços pontuais e acreditam na efetivação dos investimentos estruturais a médio e longo prazo.


Antecipação total

“Candidatura não se promete e nem se impõe. Ela surge de forma natural, espontânea”, reafirmou José Vitti (PSDB), sobre possível candidatura à prefeitura de Goiânia em 2020. Busca votos em 2018 na Capital para embasar o pleito futuro.


Paz e amor

Vitti negou qualquer problema na relação com o vice-governador José Eliton. “Temos divergências pontuais de pensamentos, o que é normal. Quando há discordância, ou ele é convencido ou eu sou. São pontuais”, afirmou à Rádio Sagres 730.


Libera aí

Com as exportações de três plantas suspensas para 12 mercados, executivos da BRF estiveram com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Em Goiás, Mineiros e Rio Verde sofrem com a suspensão, após a terceira fase da Operação Carne Fraca.

Otimismo

“O ministro está atento às preocupações da companhia, às implicações que uma ação como esta pode ter”, afirmou o CEO global da companhia, José Drummond, contabilizando os prejuízos.  

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208