16 de julho de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Rubens Salomão
04/04/2018 | 06h00
Deputados aprovam perdão de dívidas da Celg-D
Os valores não são descritos no projeto, mas deputados de oposição estimam que o valor ultrapasse os R$ 2 bilhões, referentes a débitos da empresa anteriores a 2015

Depois de pelos menos cinco adiamentos por falta de quórum, a Assembleia Legislativa aprovou em segunda e última votação o projeto do governo estadual que concede o perdão das dívidas de ICMS da Celg-D, hoje Enel Distribuição de Goiás. Os valores não são descritos no projeto, mas deputados de oposição estimam que o valor ultrapasse os R$ 2 bilhões, referentes a débitos da empresa anteriores a 2015. “Os valores que foram pagos pelos consumidores na conta de luz foram recolhidos, mas não chegaram ao estado e isso foi para a dívida ativa. Agora, o governo simplesmente anistiou essa cobrança de quase R$ 3 bilhões. O que é mais grave é que 20% deste recurso são das prefeituras. Só a prefeitura de Goiânia perdeu cerca de R$ 200 milhões com esse perdão”, aponta o deputado Luis César Bueno (PT). “Não é perdão de dívida. Foi um acordo firmado desde a privatização e foi amplamente discutido. O governo só está mantendo o acordo para a privatização que será muito boa para o estado”, responde o líder da base, Francisco Oliveira (PSDB).

Confirmação

Em entrevista exclusiva ao O Hoje, o governador Marconi Perillo (PSDB) voltou a defender o processo de privatização da Celg-D e os investimentos feitos e previstos pela Enel. “Cumprimos nossa parte para a melhora no serviço”, afirmou.

Online

A íntegra da entrevista – a primeira antes da entrega do cargo ao vice José Eliton (PSDB), pode ser acessada em www.ohoje.com

Carta política ao STF

Grupo de 20 senadores entregou ontem uma carta ao Supremo Tribunal Federal (STF) em que defendem a manutenção do entendimento da Corte que autoriza a execução da pena de condenados criminalmente pela segunda instância da Justiça. O documento foi motivado pelo julgamento, marcado para hoje, do habeas corpus protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), um dos processos da Operação Lava Jato. Entre os senadores que apoiam o texto, estão os goianos Lúcia Vânia (PSB) e Ronaldo Caiado (DEM). Na carta, redigida pelo senador Lasier Martins (PSD-RS), os parlamentares afirmam que a prisão em segunda instância tem ajudado a combater a impunidade e contribui para a promoção da Justiça. “Exigir trânsito em julgado após terceiro ou quarto grau de jurisdição para então autorizar prisão do condenado contraria a Constituição e coloca em descrédito a Justiça brasileira”.

CURTAS

Esporte – A Seduce lançou ontem os Jogos Abertos de Goiás 2018. A cerimônia foi realizada no auditório do Centro de Excelência do Esporte.

Há 18 anos – A Organização Internacional de Epizotia homenageou Leonardo Vilela pelo trabalho realizado em 2000, que deixou Goiás livre da febre aftosa.

De novo – Os ministros Alexandre Baldy (Cidades) e Helder Barbalho (Integração), visita vistoria as obras do BRT Norte Sul e de recuperação da Marginal Botafogo.

Dias de decisão

O fim da janela partidária neste sábado (7) dá ultimato para deputados. Quem anuncia hoje novo rumo é José Nelto, que deixa o MDB e avalia DEM, Podemos e PDT, depois da tentativa frustrada de levar a sigla para o apoio a Ronaldo Caiado (DEM).

Sob sigilo

Humberto Aidar negocia saída do PT e promete bater o martelo hoje. Já Simeyzon Silveira tem como certa a saída do PSC e busca partido que esteja fora do chapão na base aliada. Também conversa com o MDB.

Mais da lista

Já Dr. Antônio deixa o PR e escolhe entre partidos da aliança de Caiado. Mesma situação de Iso Moreira (PSDB) e Álvaro Guimarães (PR), que ainda são alvo de articulação de José Eliton na busca pela unidade da base.

Tudo certo

Depois de muita conversa com o MDB de Daniel Vilela, o senador Wilder Morais (PP) confirma amanhã às 10h a filiação ao DEM, no Castro’s Hotel. Tem garantia de vaga na majoritária para buscar a reeleição.

Força nacional

A Câmara dos Deputados iniciou ontem a instalação de dez das 25 comissões permanentes da Casa. Para comandar a Comissão de Constituição e Justiça foi confirmado o deputado federal e presidente do MDB de Goiás, Daniel Vilela.

Conflito iminente

Manifestantes pró-Lula pararam o trânsito em vias importantes da Capital na última noite. A movimentação será mantida hoje, junto com contra o petista do Movimento Vem Pra Rua.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208