16 de novembro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Rubens Salomão
05/10/2018 | 06h00
Vanderlan Cardoso aposta em conhecimento após três derrotas

O candidato a senador, Vanderlan Cardoso (PP), viveu crescimento nas intenções de voto desde que teve o nome confirmado no pleito na última hora, na convenção partidária, e chegou ao empate com os favoritos na disputa – Marconi Perillo (PSDB), Jorge Kajuru (PRP) e Lúcia Vânia (PSB). O ex-prefeito de Senador Canedo acredita foi fundamental para a subida o não envolvimento nos embates mais críticos da campanha, como os confrontos entre Kajuru e Marconi. “Procurei fazer a boa política, com propostas, e desde o início pedi o segundo voto de todos os eleitores, independente de quem escolhem para o primeiro. E deu certo. Tanto que teve crescimento inclusive no primeiro votos, segundo as últimas pesquisas”, afirma. Vanderlan valoriza o saldo das eleições anteriores, mesmo tendo sido derrotado em todas as disputas – ao governo estadual em 2010 e 2014, além da prefeitura de Goiânia, em 2016. “As disputas que tive me tornaram mais conhecido em todo o estado, mesmo não tendo êxito. Facilitou bastante”.

Corrida acirrada

Marconi voltou a criticar a operação Cash Delivery, da Polícia Federal, que prendeu o então coordenador tucano, Jayme Rincón. “O procurador que apresentou a denúncia é ligadíssimo ao Kajuru. É evidente que foi um fato para atrapalhar minha eleição”.

Processo

Preso preventivamente, Jayme teve pelo menos dois interrogatórios na PF. Confirmou ter recebido “recursos não contabilizados (caixa 2) para campanhas de candidatos aliados” em 2010 e 2014, mas negou destino na campanha de Perillo.

PESQUISA MANTÉM CAIADO NA FRENTE 

A nova pesquisa da Real Data Big Time/TV Record Goiás foi divulgada na noite de ontem e confirmou Ronaldo Caiado (DEM) na liderança das intenções de voto, com 48%. Em segundo lugar aparece o governador tucano Zé Eliton com 14%, seguido de Daniel Vilela (MDB), com 11%. A petista Kátia Maria com 5% e Weslei Garcia (PSOL) com 1%. Os indecisos chegam a 12% e os brancos e nulos somam 9%. A emissora não divulgou o levantamento espontâneo e nem a rejeição dos candidatos a governador de Goiás. O instituto entrevistou 5000 eleitores entre os dias 02 e 03 de outubro. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de até 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sobre o número GO-01729/2018. Segundo a emissora, a disputa para o senado será divulgada nesta sexta-feira (5/10).

 CURTAS

Mercado – Levantamento da Grupom Consultoria Empresarial estima que o Dia das Crianças deve causar injeção de R$ 75 milhões na economia goianiense.

Bancada – Marconi Perillo recebeu apoio de 18 vereadores de Goiânia, em uma reunião. O número representa maioria simples, dos 35.

Na tela – O filme brasileiro Café com Canela estreou no Cine Cultura, na Praça Cívica. Ingresso para sessões comerciais custa R$ 8 e, às segundas, todo mundo paga meia.

Fim intenso

Depois de focar a agenda de campanha por três dias consecutivos no entorno do DF, com caminhadas, carrearas e reuniões, o governador José Eliton (PSDB), encerrará a agenda de rua neste sábado com “caminhada da vitória” em Goiânia.

Caça ao voto

Ainda no sábado, o tucano terá carreatas em Aparecida de Goiânia, Anápolis e Caldas Novas. O tour pelo entorno termina hoje, com caminhadas em Cristalina, Cidade Ocidental e carreata em Luziânia.

O dia

No domingo (7), Eliton vota no Colégio Marista, às 10h, e acompanha os votos da primeira dama, no mesmo local, e da candidata à vice, Raquel Teixeira, no colégio Maria Auxiliadora. Seguirá a apuração na casa de um amigo. Coletiva às 19h30.

Liberada

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu, por unanimidade, manter a absolvição da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em ação popular por uso indevido do cartão de crédito do governo federal. 

Débito ou crédito?

Onze funcionários públicos foram condenados a ressarcir os pagamentos feitos sem comprovação de nota fiscal e os valores que excederam os limites para uso do cartão. O tribunal é o mesmo que aumentou a pena do ex-presidente Lula.

Jogo sujo

Ministério Público Eleitoral e Polícia Civil realizaram operação contra compra de votos em Acreúna, região Sudoeste de Goiás. Um candidato a deputado estadual oferecia até R$ 200 por voto. Além dos políticos, falta consciência do eleitor.

 

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208