16 de novembro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Venceslau Pimentel
09/11/2018 | 06h00
Caiado diz que reajuste agrava contas públicas

Na contramão da maioria dos senadores, o governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) marcou posição e votou contra o aumento salarial de 16% dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), cuja proposta agora segue para a sanção do presidente Michel Temer. “Votei contra o aumento salarial para o STF. O momento é inoportuno, agrava ainda mais a situação das contas públicas dos estados com o efeito cascata”, postou o democrata em sua conta no Twitter. E completou: “E afasta do cidadão comum e do desempregado a esperança de melhora de vida”. Com o reajuste, o salário passa de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Considerando que o aumento causa efeito cascata, o impacto nas contas públicas pode chegar a R$ 4 bilhões. Assim como Caiado, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) defendeu a não aprovação do projeto. De nada adiantou. Mas a equipe de transição de Bolsonaro não vê o episódio como derrota do futuro governo, mas diz considerar o fato como preocupante para as finanças do país. 

Era digital

Ao lado do governador José Eliton (PSDB), o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, participa hoje, em Goiânia, do lançamento do Certificado de registro e Licenciamento de Veículos digital. Ato vai acontecer às 10 horas, no Palácio Pedro Ludovico.

Bolsa

Cotado para ocupar uma função no governo de Ronaldo Caiado, de quem é amigo de longa data, o prefeito Santa Terezinha, Marcos Cabral (DEM), lidera comitiva a Seropédica (RJ), para conhecer o modelo lá implantado.

Tucano pede voto para Álvaro Guimarães 

Deputado estadual mais votada nas eleições de 2014, o tucano Mané de Oliveira subiu à tribuna da Assembleia Legislativa para defender a eleição do democrata Álvaro Guimarães para a presidência da Assembleia Legislativa na próxima legislatura. Mané, que não se reelegeu no dia 7 de outubro, lamentou não poder votar no colega de Parlamento para presidente. Em seu discurso, o tucano destacou a integridade e experiência de Guimarães, que teve o seu primeiro mandato em 1986, participando, portanto, da elaboração da Constituinte Estadual. Mané disse acreditar na vitória de Guimarães, "que se dará de forma justa, entre os deputados reeleitos e os novatos". E finalizou:"Ninguém conhece a Assembleia Legislativa mais que você, disse, dirigindo-se ao democrata, que agradeceu o elogio. Lembrou que a sucessão na Casa ainda está distante, mas que vai trabalhar em busca de votos. 

Curtas

Os vereadores de Goiânia têm até o dia 30 de novembro para apresentar emendas ao orçamento da prefeitura para o exercício de 2019, estimado em R$ 5,2 bilhões.

A Câmara poderá ter prazo de 120 dias para julgar as contas do prefeito a contar da data do seu recebimento. É o que reza projeto do vereador Eduardo Prado (PV).

Termina hoje o prazo para negociação de dívidas com a prefeitura de Goiânia com desconto de 80% em multas e juros. 

Pioneirismo

Marcos Cabral preside o Consórcio Ambiental Vale do Minério, que reúne seis cidades da região do Vale do São Patrício. Santa Terezinha é uma das seis cidades goianas que já possuem aterro sanitário.

Suspensão 

Por decreto, o prefeito Iris Rezende suspendeu a emissão de novos empenhos este ano. A exceção fica com os empenhos de pagamento da amortização de juros e encargos da dívida pública, de sentenças judiciais transitadas em julgado, de pessoal e encargos sociais.

Mão na massa

Trabalhando por Goiás desde o primeiro dia após a eleição, como costuma dizer, o senador eleito Vanderlan Cardoso (PP) ouviu ontem demandas da Associação Comercial de Rio Verde, em visita à cidade.

Contra veto

Crítico do prefeito Iris Rezende, por vetar o pagamento retroativo da data-base do servidor da prefeitura de Goiânia, o vereador e senador eleito Jorge Kajuru (PPR) participou da reunião da CCJ, mas não foi ao plenário durante a sessão.

Sem quórum para votação, o veto do prefeito não foi apreciado pelos vereadores, o que pode comprometer a inclusão de parcela do aumento salarial na conta dos servidores.

Farpas 

Em busca de apoio para tentar se eleger presidente da OAB-GO, o advogado Pedro Paulo Medeiros foi ontem à Câmara de Goiânia. Lá, ele disse que a gestão de Lúcio Flávio trouxe mudanças. Para pior. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208