13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

blog Lucas de Godoi

Pautas de esquerda encontram amparo em administrações conservadoras

Publicado por: Lucas de Godoi | Postado em 13 de novembro de 2019
E mesmo que haja expectativas políticas por traz dos projetos, é preciso entender a importância de formatar políticas para combater a desigualdade

A atenção do Governo de Goiás às pautas sociais destaca a mudança de posicionamento de políticos com ideologia alinhada à direita. A gestão de Ronaldo Caiado (Democratas), desde que tomou posse, vem estruturando políticas para atender às necessidades da parcela mais vulnerável de nosso povo. O que, antes, eram consideradas pautas de esquerda, agora fazem parte dos gabinetes mais altos do Estado. É o sapato social deixando os tapetes palacianos e encontrando terrenos reais - onde vivem a desigualdade social.

A criação do Gabinete de Políticas Sociais, encabeçada pela primeira-dama Gracinha Caiado, as ações – cada vez mais consistentes – da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), a atenção aos povos kalunga, a criação de modelo social para emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, mais recente, a indicação da ex-senadora Lúcia Vânia na secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS) evidenciam uma mudança no jeito de fazer política social.

A ação desta parcela de políticos busca conquistar a simpatia de eleitores que se identificavam, até pouco tempo, com as propostas de gestores de esquerda. Este será, portanto, o norte administrativo dos tempos ‘pós-lulismo’ – época em que o modelo político se preocupava que a renda fosse mais bem distribuída aos brasileiros carentes. Sem esse movimento, de acenar aos anseios dos mais pobres, é improvável que qualquer governante continue no poder. Foi esta, afinal, a bandeira que manteve a boa aprovação do ex-presidente petista. E é com esta mesma bandeira que os atuais governantes pretendem marcar seu território.

O próprio presidente Jair Bolsonaro (PSL), que foi eleito enquanto fazia duras críticas ao modelo administrativo do PT, correu para anunciar a criação de um 13º salário para os beneficiários do programa Bolsa Família. Não encarem esta atitude como uma benevolência do presidente, mas uma estratégia para dialogar com mais de 13 milhões de famílias que são assistidas pelo programa de assistência social.

Como ensinado por Nicolau Maquiavel, “a um príncipe é necessário ter o povo ao seu lado”. O pensamento do filósofo, historiador, poeta, diplomata e músico de origem florentina do Renascimento parece fazer sentido nesta época de transição política. Ao romper padrões administrativos de duas décadas, os governantes refletem preocupações importantes do autor.“...quando um príncipe deixa tudo por conta da sorte, ele se arruína logo que ela muda. Feliz é o príncipe que ajusta seu modo de proceder aos tempos, e é infeliz aquele cujo proceder não se ajusta aos tempos.”, escreveu o italiano em “O Príncipe” em 1532.

E mesmo que haja expectativas políticas por traz dos projetos, é preciso entender a importância de formatar políticas para combater a desigualdade. Em Goiás, com a chegada de Lúcia Vânia à SEDS, crianças vítimas de estupro podem ter suas dores assistidas. Foi este o anúncio do Governo, da intenção de enviar um projeto de lei à Assembleia Legislativa que estabeleça a concessão de bolsa de um salário mínimo para as crianças que foram violentadas sexualmente no Estado.

Assim, a realidade que se apresenta é promissora, mas não deve ficar limitada a distribuição de alimentos. É preciso que os governantes devolvam dignidade, mas que também proporcionem experiências esportivas, culturais e de lazer. É hora de dar significado ao termo ‘inclusão social’ e de o governador cumprir com a promessa que fez durante a posse, de construir “conjunto de uma política solidária, de uma política social capaz de atender os verdadeiros necessitados e de dar a eles a condição de progredir na sua vida.” 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar