20 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

João Campos destina 25% de recursos dos royalties do petróleo para segurança

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 20 de novembro de 2019
Venceslau Pimentel

Delegado de polícia, o deputado João Campos (PRB) faz as contas do que a área de segurança pública vai receber com a aprovação, na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados, do projeto de sua autoria que destina para a segurança pública parte dos recursos arrecadados com a exploração de petróleo e gás natural. Serão destinados ao setor 25% dos recursos arrecadados pelo governo, oriundos dos royalties. O parlamentar goiano salienta que estimativas da Agência Nacional do Petróleo (ANS), divulgadas em meados de 2012, dão conta de que somente as reservas conhecidas de petróleo da camada pré-sal chegam a 50 bilhões de barris. “E, se depender de anúncios mirabolantes do Ministério de Minas e Energia, esse número pode atingir 150 bilhões de barris, e o Brasil ultrapassará o Irã como a 3ª maior reserva do mundo”, estima Campos.

Nova divisão

Pela lei em vigor, o governo federal é obrigado a aplicar a arrecadação com participação especial na produção de petróleo com os royalties em educação (75%) e saúde (25%). Com a alteração sugerida por Campos, o montante da educação seria reduzido para 50%.

Onda crescente

João Campos ressalta que, conforme pesquisas, a violência e a criminalidade representam a segunda maior preocupação do brasileiro. “De fato, é crescente o número de homicídios, roubos, furtos e estupros”.

Mão dupla

A CPI dos Incentivos Fiscais da Assembleia Legislativa de Goiás terá em mãos relatório do Ministério do Trabalho, quando ficará sabendo se empresas estão cumprindo cotas de geração de emprego, em contrapartida a benefícios fiscais que tenham recebido.

Faltou combinar

Ao que tudo indica, os deputados estaduais do PSL, Paulo Trabalho e Delegado Humberto Teófilo, não vão comprar a briga do deputado federal Delegado Waldir com o governador Ronaldo Caiado (DEM).

 

Trincheira

Paulo e Teófilo já avisaram que são da base de apoio do governador, na Assembleia. Tanto que, junto com Amauri Ribeiro (PRP), são os que estão na linha de frente na defesa das matérias do governo.

Queda de braço

Depois que o Delegado Waldir esbravejou, dizendo que quem manda no PSL é quem tem mandato de deputado federal, o clima não é mais amistoso entre ele e os dois deputados estaduais. A briga promete.

Tentativa

Com a rejeição da proposta da deputada Adriana Accorsi (PT), que proibia pulverização aérea de agrotóxicos na agricultura, agora o deputado Amilton Filho (SD) propõe a redução progressiva do uso desses defensivos agrícolas. O plenário da Assembleia vai decidir se acata ou não a proposta.

Alfinetada

Virtual candidato à reeleição, em 2020, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), não perdeu a oportunidade de dar cutucada em Antônio Gomide (PT), ao anunciar retomada de obra na área da saúde. Disse que o PT prometeu, mas deixou unidade básica no papel.

CURTAS

- Ao participar da missa de encerramento da romaria de Trindade, Iris Resende já fez o convite para mutirão, hoje, em Campinas.

- Oposição na Assembleia Legislativa aposta na próxima "aquisição": o deputado Major Araújo (PRP).

- Pré-candidato a prefeito de Goiânia, o deputado Talles Barreto já se movimenta para viabilizar seu nome no PSDB.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar