10 de dezembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Mesmo rompido com Caiado, Kajuru elogia governo

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 10 de dezembro de 2019
Ele não escondeu o seu descontentamento pelo apoio que Caiado teria dado à procuradora de Justiça Ivana Farina, para compor o CNJ

Mesmo tendo anunciado que estaria rompido com Ronaldo caiado (DEM), o senador Jorge Kajuru (Patriota), que se recupera de uma convulsão sofrida no plenário do Senado, no dia 19 passado, ele usou o Twitter para mandar um abraço ao governador. Diz reconhecer “seu ótimo e honesto governo”. “Mesmo sem conversarmos, tens o meu respeito”. Ele não escondeu o seu descontentamento pelo apoio que Caiado teria dado à procuradora de Justiça Ivana Farina, para compor o Conselho Nacional de Justiça. Motivo: a ex-procuradora é ligada ao ex-governador Marconi Perillo (PSDB). Quando da votação da indicação de Farina, no Senado, no dia 11 de setembro, Kajuru tentou convencer seus pares a votar contra. Mas nem os colegas de bancada, Luiz Carlos do Carmo (MDB) e Vanderlan Cardoso (PP) atenderam ao apelo, por entenderem que o plenário não era local adequado para tratar de questões pessoais.

Sabatina

Crítico de um projeto do governo que mexeu com a alíquota do ICMS do arroz, o presidente do Sindicato das Indústrias de Arroz de Goiás, Jerry Alexandre de Oliveira Paula foi chamado a depor na CPI dos Incentivos Fiscais. A oitiva acontece nesta segunda-feira.

Saneago em foco

O contrato da prefeitura de Goiânia com a Saneago não foi o tema central da audiência pública realizada ontem no Paço Municipal. Mas o presidente da AGR, Paulo César Pereira, disse que estava em debate cláusulas do futuro contrato. Ele diz que o prefeito Iris Rezende é que vai decidir pela renovação ou não.

Corte de cargos

A Defensoria Pública do estado vai passar por um processo de corte de cargos em sua estrutura. Serão extintos 29 cargos de assessor especial, quatro de coordenadores de núcleo, além da supressão de cinco funções gratificadas.

Prevenção

A Câmara de Goiânia abriu pregão eletrônico para comprar 150 estabilizadores, por R$ 46 mil. A aquisição faz sentindo, considerando a queda constante de energia elétrica no Estado. Não à atoa, a Enel está olho do furacão e foco de uma CPI na Alego.

Lacuna

A ausência do presidente da OAB, Lúcio Flávio, na sede da entidade, em Goiânia, vem sendo reclamada por colegas de colegiado. Mas, ao mesmo tempo, dizem reconhecer que nos últimos meses ele tem percorrido estado para atender clientes.

Referência

A Alego deve receber, em breve, o Selo Verde, em reconhecimento aos projetos voltados para a sustentabilidade. O Parlamento já conta, por exemplo, com um novo sistema de avaliação dos servidores mais moderno e ágil, que eliminou o uso de papel, informa Lissauer Vieira.

Curtas

- Trinta anos depois de sua instalação, a convalidação de atos administrativos de criação do Tocantins, desmembrado de Goiás, ainda depende de um projeto que tramita na Câmara dos Deputados.

- A deputada federal Magda Mofatto, cotada para se candidatar à prefeitura de Caldas Novas, testa a sua popularidade visitando lojas da cidade. Numa delas comprou um chip para celular.

- Representante do entorno de Brasília, o deputado tucano Célio Silveira não pensa em se candidatar à Prefeitura de Luziânia. O candidato do PSDB é o deputado estadual Diego Sorgatto.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar