06 de abril de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Secretária de Economia cobra união entre poderes contra recessão

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 06 de abril de 2020
Foco primordial é o trabalho de prevenção em saúde pública, mas economistas têm previsto que a onda da possível recessão posterior ao isolamento social também poderá ter alto potencial destrutivo| Foto: Divulgação

Diante da antecipada perda de 50% relativa à arrecadação do estado nos meses de maio e junho, confirmada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM), a secretária de Economia, Cristiane Schmidt, reforça a necessidade de cooperação do governo federal para que Goiás enfrente as consequências econômicas e financeiras da pandemia de coronavírus. O foco primordial é o trabalho de prevenção em saúde pública, mas economistas têm previsto que a onda da possível recessão posterior ao isolamento social também poderá ter alto potencial destrutivo. “O lado que nos afeta muito, além da baixa na receita, são os gastos, porque dentro de orçamento que já é deficitário, vou ter que arranjar outras fontes de recursos para atender a população, junto com a Secretaria de Saúde”, define Cristiane. Carta assinada por todos os governadores segue sem resposta objetiva em Brasília.

Pedidos

O documento, elaborado por secretários de Fazenda e apoiado por Caiado, assim como todos outros governadores, pede suspensão por 12 meses das dívidas com a União e recursos para equipamentos e novos leitos.

Acirramento

O presidente Jair Bolsonaro renovou críticas a ações de quarentena nos estados, em entrevista à CNN Brasil. Repetiu que “o remédio em excesso pode se tornar um veneno” e acirrou ainda mais a relação com governadores.

Oportunidade

Bolsonaro tem videoconferência com os chefes dos Executivos do Nordeste e do Norte, nesta segunda-feira (23), para discutir o combate ao novo coronavírus no país.

Transporte

Após reunião na CMTC, representantes de empresas de ônibus de Goiânia, Redemob e representantes dos motoristas do sistema decidiram suspender a circulação dos veículos a partir desta terça-feira (24).

Essencial

Fica apenas atendimento a funcionários da saúde em linhas para os hospitais. Pelo menos 19 motoristas foram afastados com sintomas semelhantes aos da Covid-19.

Números

As empresas alegam não ter ônibus suficientes para atender à determinação de que usuários trafeguem sentados. Segundo os empresários, são 100 mil passageiros, o que demandaria 3.125 veículos, mas o sistema teria 1.285.

Inviável

Se a demanda foi cortada pela metade, a necessidade ainda seria superior à estrutura existente, segundo a Redemob. Além disso, cerca de 300 motoristas foram dispensados por ter mais de 60 anos ou portarem doenças crônicas.

Sine die

A prefeitura confirmou adiamento por tempo indeterminado o concurso para 1.531 vagas em cargos para Assistência Social, Saúde, Educação e na Guarda. As inscrições foram abertas, mas ficam suspensas.

CURTAS

- O BNDES injetará R$55 bilhões na economia em ajuda ao caixa de empresas e apoiar trabalhadores em meio à pandemia.

- O banco determinou a transferência de R$ 20 bilhões do Fundo PIS-PASEP para o FGTS, para saque extraordinário.

- Já sorteios da Loteria Federal ficam suspensos pela Caixa pelos próximos três meses. Novas datas serão divulgadas até julho.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar