GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Compras de luxo geram críticas em meio à pandemia

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 10 de julho de 2020
Primeiro caso de destaque veio de Goiás, quando dois termos foram assinados pela gestão de Ronaldo Caiado (DEM) com gasto de R$ 611 mil para a cozinha do Palácio das Esmeraldas pelo período| Foto: Takeshi Gondo

Licitações e compras que passariam despercebidas em outros momentos passaram a chamar a atenção desde que a disseminação do novo coronavírus reorientou o foco das gestões públicas. O primeiro caso de destaque veio de Goiás, quando dois termos foram assinados pela gestão de Ronaldo Caiado (DEM) para gasto de R$ 611 mil, para fornecimento de carnes diversas, frutos do mar, e queijos para a cozinha do Palácio das Esmeraldas pelo período de 12 meses. Diante da repercussão, o governador alegou desconhecer o processo e cancelou a execução dos contratos por 120 dias. Mais recentemente, contas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do próprio Supremo Tribunal Federal (STF) também causaram polêmica por prever gasto com artigos de alimentação de alto valor. Os dois órgãos são presididos pelo ministro Dias Toffoli e petição on-line acumula 50 mil assinaturas pelo cancelamento.

Curva ascendente

Em um mês, exato período em que prefeitos flexibilizaram atividades econômicas, os 33 municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno (Ride) registraram um aumento de 695% de contaminados pelo novo coronavírus.

Números

Eram 100 casos confirmados no primeiro dia de maio e o número subiu para 795 no último fim de semana. A quantidade de mortes também cresceu, com novas 26 vítimas fatais da doença registradas.

Localização

Por número de casos, as cidades com mais ocorrências são as mais próximas do DF, como Águas Lindas, Valparaíso, Luziânia, Planaltina de Goiás e Cidade Ocidental.

Investimento

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou parceria entre as companhias Rumo e Caramuru para a construção de um terminal de transbordo rodoferroviário de cargas, em São Simão.

Produção

A Rumo oferece serviços logísticos de transporte ferroviário de cargas e a Caramuru atua nas atividades de commodities, em especial de derivados de soja e milho, de produtos alimentícios para consumo e de insumos para indústrias alimentícias.

Por aqui

O Terminal São Simão deve atender carga sólida de origem vegetal e dará suporte ao funcionamento do trecho central da Ferrovia Norte-Sul.

Relacionamento

Com distância mantida entre Caiado e Jair Bolsonaro, o secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais (PSC), recebeu o presidente em churrasco na fazenda do cantor Amado Batista, em Goianápolis.

Obras

Com presença do ministro Tarcísio Gomes (Infraestrutura), Wilder diz ter adiantado a internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva, anel viário em Goiânia, ferrovias Norte-Sul e Centro-Leste, além da duplicação da BR-153 entre Anápolis e Porangatu.

CURTAS

- A Justiça condenou o ex-prefeito de Novo Gama, Everaldo Martins, por ter pagado salário de caseiro com dinheiro público.

- A ação por improbidade administrativa pro proposta pelo Ministério Público por conta da nomeação do funcionário.

- O político deve devolver o total de R$ 43,2 mil, além de pagar multa e ter direitos políticos suspensos.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar