GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

OAB combaterá corrupção e abuso nas eleições

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 12 de julho de 2020
O foco será no uso da internet durante o processo eleitoral - Foto: Reprodução

Rubens Salomão 

O presidente da seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil, Lúcio Flávio Paiva, adianta que retomará trabalho de acompanhamento e fiscalização do processo eleitoral neste ano, mas que o foco de trabalho deverá sofrer adaptação. Segundo ele, a campanha pós-pandemia não será de corpo a corpo, como as anteriores, e por isso a verificação também deve migrar para o ambiente da internet. “Teremos, como na eleição passada, uma comissão encarregada de analisar a corrupção eleitoral e o abuso do poder econômico. Agora, nós temos que mudar um pouco o perfil desse observatório”, avalia o presidente. “Nessa campanha na internet talvez nós tenhamos que ter o cuidado para o abuso do poder econômico no uso das ferramentas da internet, como o whatsapp e as redes sociais”, define o presidente para contribuição da OAB/GO junto ao Ministério Público Eleitoral e ao TRE.

Probabilidade

Pelas últimas reuniões lideradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as eleições para prefeitos e vereadores neste ano devem ser realizadas no dia 15 de novembro, com período menor para o segundo turno, no dia 29 do mesmo mês.

Processo justo

“Nossa participação é para que tenhamos um processo justo, equilibrado e democrático, para que as eleições culminem com aqueles que o povo entende que sejam os melhores para exercer o poder”, afirma Lúcio Flávio.

Prorrogação

Com dúvidas frequentes de partidos e políticos na pauta, principalmente sobre prazos, a sessão ordinária de ontem do TRE/GO foi transferida para o próximo dia 30.

Testagem

Após seguidas denúncias recebidas, a presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereadora Priscilla Tejota (PSD), protocolou representação no Ministério Público para investigação sobre falta de testes para covid-19 em Goiânia.

Linha de frente

O pedido é direcionado à ausência de exames dedicados aos profissionais da Saúde, que atuam na linha de frente da pandemia nas unidades de saúde da capital. Alguns sintomáticos continuam trabalhando.

Atuação direta

A vereadora de oposição requisitou do MP apuração de possíveis irregularidades administrativas cometidas por Iris Rezende (MDB) e pela secretária Fátima Mrué.

Ao trabalho

O diretório regional do PT confirmou nesta semana pré-candidatura da deputada estadual Adriana Accorsi na corrida pela prefeitura de Goiânia. Ela entra na disputa pela segunda vez, depois dos 46 mil votos (6%) em 2016.

Desfile virtual

O Grupo Mega Moda realiza hoje duas lives, às 10h e 14h, para que lojistas divulguem ofertas e produtos. As transmissões nesta semana têm como foco a moda feminina e ocorrem ao vivo pelo instagram.

CURTAS

- O MP exige na Justiça bloqueio de bens do prefeito de Catalão, Adib Elias, e do secretário de Saúde, Velomar Gonçalves.

- O valor total de R$ 11,7 milhões se refere a irregularidades na previdência municipal em gestão anterior, entre 2004 e 2009.

- De Rodrigo Maia, sobre Abraham Weintraub no Banco Mundial: “Não sabem que ele trabalhou no Banco Votorantim, que quebrou em 2009”.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar