GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Comunicação falha da prefeitura deixa de informar goianienses

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 06 de agosto de 2020
Dados oficiais do próprio ministério mostram que, de janeiro a maio de 2020, houve redução de 62,9% nas multas aplicadas pelo Ibama, em comparação com o mesmo período do ano passado| Foto: Reprodução/ Câmara dos Deputados

O levantamento feito pelo Instituto FoxMappin deixa transparente o sentimento da maioria da população goianiense sobre o trabalho problemático da comunicação do município. É sabido que a pasta tem pecado no ofício de informar, como tem sido cobrada em vão por vários veículos de imprensa do Estado. Já faz alguns dias que a secretária de Saúde, Fátima Mrué, deixou de orientar a população na imprensa.  Avaliação de bastidores é de que o prefeito Iris Rezende e seus auxiliares demoraram a atuar no combate ao coronavírus e, por falhas na comunicação, Goiânia viu crescer o número de contaminados pela Covid-19 e beirar os 8 mil neste domingo. 

 Como é?

“São criadas dificuldades para o agronegócio em nível internacional e há manifestação de fundos de investimentos, que somam R$ 20 trilhões, que não vão investir se o Brasil continuar a agredir o meio ambiente”, avalia Elias.

Memória

Salles, na reunião ministerial do dia 22 de abril, já pedia que o governo aproveitasse a baixa cobertura da imprensa para “passar a boiada” com novas regras ambientais.

No mercado

Como antecipado aqui, Vanderlan Cardoso (PSD) não confirmou candidatura em Goiânia e anunciou apoio a Francisco Júnior. A pré-campanha serviu para o senador se reposicionar no antigo partido (PP) e definir oposição ao governo estadual.

Atuação prioritária

Vanderlan aponta foco sobre pautas econômicas no Senado, como a Reforma Tributária. Está de olho na presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

À espera

O assassinato do radialista Valério Luiz completou ontem oito anos e continua sem nova data para julgamento dos acusados de serem executores e mandantes. Por último, a pandemia provocou suspensão do júri popular.

Romaria remota

O Santuário Diocesano de Nossa Senhora d’Abadia de Muquém cancelou a romaria virtual, que ocorreria entre 5 e 15 de agosto. O evento tem sido marcado pela presença política e foi desmarcado após recomendação do MP.

Chance descartada

O reitor do santuário, padre Aldemir Franzim, chegou a comunicar que o tradicional evento religioso, com expectativa de público de 500 mil pessoas, aconteceria por meio virtual, com transmissão das celebrações via internet.

CURTAS

- Após derrubada de decisões que favoreciam comércio e construção civil, liminar mantém aberta unidade da Assembleia de Deus.

- O desembargador Delintro Belo de Almeida, católico, decidiu pelo funcionamento do Ministério Vila Nova, no isolamento intermitente.

- O TJGO doou 324 bens à prefeitura de Goiânia, entre aparelhos de ar condicionado, móveis e eletrônicos. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar