03 de setembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

BANNER SANEAGO

Câmara de Goiânia retoma trabalhos em clima de eleições

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 03 de setembro de 2020
A presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), vereadora Sabrina Garcez (PSD), espera que os debates eleitorais não atrapalhem nas atividades legislativas| Foto: Reprodução/ Câmara Municipal de Goiânia

Depois de 15 dias de recesso, a Câmara Municipal de Goiânia retoma as atividades regulares nesta segunda-feira (3). O reinício das sessões está previsto para esta terça-feira (4). A presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), vereadora Sabrina Garcez (PSD), espera que os debates eleitorais não atrapalhem nas atividades legislativas. Vale ressaltar que pelo menos 29 vereadores devem se candidatar à reeleição. “Eu acredito que não vamos ter interferência muito grande por conta da eleição e espero que isso não ocorra, por mais que a gente esteja no processo político eleitoral”. Sabrina Garcez espera que a Câmara consiga concluir a votação do projeto de atualização do Plano Diretor de Goiânia. O projeto será votado na Comissão Mista da Casa e depois seguirá para segunda e última votação em plenário. Audiências públicas serão realizadas após o dia 17.

Covid-19

Durante o recesso, alguns vereadores contraíram a Covid-19, entre eles, Felizberto Tavares (Podemos) que deixou hospital no final de semana e Tiãozinho Porto (MDB). Há preocupação quanto ao retorno dos trabalhos presenciais.

Alego

Por falar em retomada, a Assembleia Legislativa também retoma as atividades nesta segunda e as sessões ordinárias nesta terça-feira (4). No entanto, as sessões ainda continuarão remotas.

Pré-candidatos

Pelo menos 17 deputados estaduais são pré-candidatos a prefeito nas eleições deste ano. A expectativa é que com reuniões remotas, não haverá dificuldades de quórum.

Reunião

Reunião no fim de semana entre lideranças da base do governo avançou em critérios para definição de candidaturas. Pesquisas, capacidade de crescimento do candidato, rejeição do nome e maior poder de articulação são alguns itens.

Avaliação

“Não queremos dividir a base, até porque a oposição deve também procurar a mesma estratégia e unificar as suas candidaturas”, avaliou o presidente do Podemos, deputado federal José Nelto.

Estratégicos

Foram discutidas situações dos 40 maiores municípios, com exceção de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia e Rio Verde. Nova reunião está prevista para a noite da próxima quinta-feira.

Locais

Foram abordadas a situação de cidades como: Posse, Niquelândia, Porangatu, Caldas Novas, Itumbiara, Novo Gama, Valparaíso, Planaltina, Formosa, Uruaçu, Senador Canedo e Padre Bernardo.

Niquelândia

Um dos nomes fortes para a disputa é do empresário Ozeas Boiadeiro (PRTB).  Ele pode ser alternativa da base caiadista na cidade. Outros pré-candidatos são: Jean Cintra (PROS); Carmen Lúcia (PSDB) e o atual prefeito Fernando Carneiro (PSD).

CURTAS

- Falta menos de um mês para convenções partidárias. O processo começa no dia 31.

- Partidos estão estudando sistemas de informática para fazer as convenções de forma virtual.

- Devido a pandemia da Covid-19, este ano a Justiça Eleitoral autorizou partidos a definirem candidatos sem realizar reuniões presenciais.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar