06 de dezembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Regionais serão criadas mesmo contra vontade de vereadores

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 06 de dezembro de 2020
Para Vanderlan, criação de subprefeituras são um compromisso de governo e não um projeto da Câmara de Goiânia - Foto: Reprodução

Venceslau Pimentel 

A implantação de subprefeituras em bairros de Goiânia não saiu do papel, por resistência de vereadores, que alegam esvaziamento de suas funções. Mas Vanderlan Cardoso disse à coluna que as sete regionais são um compromisso de governo e não um projeto da Câmara de Goiânia, e que tem por finalidade atender ao cidadão e reduzir custos. “Não é ele (vereador) que vai coletar lixo, varrer rua”. O prefeitável diz que as subprefeituras, ao contrário de qualquer tentativa de boicote, vão dar apoio ao vereador, no atendimento das demandas locais. “Vai ser muito bom para ele ter uma regional para atender demandas e reivindicações dos munícipes e de seus eleitores”, pontuou. 

Nada contra 

Até agora, Vanderlan diz que nenhum candidato a vereador chegou até ele para reclamar dessa proposta de campanha. “Se for contra as regionais, é contra a população”. 

Fora de casa 

Por dez dias, a partir de ontem, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Medanha (MDB), migra para Goiânia para se engajar na campanha de Maguito Vilela, que ainda encontra-se em São Paulo, acometido pela Covid-19. 

Nova leva 

Ao menos três secretários de Mendanha também se licenciaram dos cargos para fazer o mesmo, dentre eles os ex-vereadores Max Menezes e Tatá Teixeira. 

Ficou aquém 

Lançado em março de 2017, pelo então governador Marconi Perillo, o programa Goiás na Frente teve baixa execução, como aponta levantamento do Tribunal de Contas do Estado.

Minguou 

O TCE concluiu que apenas R$ 167 milhões foram repassados aos municípios. No total, o programa projetava investimentos da ordem de R$ 6 bilhões pelo governo e R$ 3 bilhões pela iniciativa privada. 

Saiu ileso 

Ação contra o Ipo-Cidades e Negócios, que foi alvo do Ministério Público, proposta pelo PSL, questionou uso de questionário de pesquisa eleitoral em Itumbiara em nome do Instituto Veritá, em junho. Mesmo com provas, a alegação do PSL não obteve medida cautelar do juiz Carlos Henrique Loução. 

Alinhado

Ajustando o discurso do presidente Jair Bolsonaro e de Ronaldo Caiado, o deputado federal Glaustin da Fokus aderiu à campanha da prefeitável em Aparecida de Goiânia, Márcia Caldas, que entrou com recurso contra o indeferimento de sua candidatura. 

Noivo da vez 

Com a morte do candidato a prefeito de Itumbiara, Murilo Borges, o PP tem sido assediado para apoiar outros nomes que estão na disputa. Com a palavra, Alexandre Baldy, presidente da sigla. 

CURTAS 

- Senadores e deputados continuam recebendo R$ 33 mil a cada fim e início de mandato. A benesse, chamada de auxílio-mudança, pode ser extinta.

- Cadastro nacional de condenados por corrupção pode ser criado, caso a Câmara dos Deputados aprove projeto que tramita na Casa. Nele constarão dados pessoais, fotos e impressões digitais. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar