coluna Xadrez

Lissauer marcou equilíbrio entre a Alego e o governo

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 02 de janeiro de 2021
A aprovação de matérias polêmicas desta gestão leva o Estado a gerir suas contas de forma mais pontual/ Foto: reprodução

Reeleito presidente da Assembleia Legislatura com um ano e quatro meses de antecedência, em outubro de 2019, Lissauer Vieira (PSB) toma posse dia 1º de fevereiro, para mais dois anos de mandato, com uma mesa suprapartidária, com nomes da base aliada e da oposição ao governo estadual. Sua gestão foi responsável pelo equilíbrio da boa relação com o governador Ronaldo Caiado (DEM), o que garantiu a aprovação de matérias polêmicas, mas necessárias à busca do equilíbrio da contas. O resultado é a garantia da entrada do estado no Regime de Recuperação Fiscal da União, a partir do segundo semestre.

Fratura 

A reeleição de Romário Policarpo (Patriota) evidenciou um racha na Câmara de Goiânia e expôs divergências políticas e administrativas com o grupo encabeçado pelo vereador dr. Gian Said (MDB).

Ringue 

Durante a eleição da Mesa Diretora, ontem à noite, Mauro Rubem e Sargento Novandir (Republicanos) protagonizaram o primeiro bate-boca da atual Legislatura, por conta de adjetivos elogiosos do petista a membros da chapa que apoiou.

Amigo da onça 

Por ter recuado em sua decisão de apoiar a chapa de Gian Said, o vereador Anderson Bokão (DEM) foi taxado de traidor, por ter feito críticas a Policarpo, mas acabou compondo com o presidente reeleito.

Composição 

O prefeito em exercício, Rogério Cruz (Republicanos), tem reuniu hoje, às 9 horas, no Paço Municipal, para anunciar os nomes que irão compor o primeiro escalão da administração municipal, assim como quem irá comandar as agências e autarquias. 

Em conjunto 

Em face do recrudescimento da Covid-19, Cruz e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), devem desenvolver uma política comum aos dois municípios, de atendimento emergencial, aumentando a testagem e de olho no reforço de UTIs, caso seja necessário. 

 

Ataque 

Ao prestigiar a posse do aliado em Senador Canedo, Fernando Pelozzo, Vanderlan Cardoso (PSD), que já administrou a cidade, não poupou críticas ao ex-prefeito Divino Lemes (Podemos), por não ter pago a folha do funcionalismo e paralisado serviços de saúde e água. 

Rastreamento 

A Secretária Estadual de Saúde ainda não detectou nova variante da Covid-19 em Goiás, mas está rastreando eventuais casos, depois ter registrado 309.170 pessoas contaminadas até agora, com 6.805 mortes. Há 261.491 casos suspeitos em investigação. 

Inclusão 

Por lidarem com centenas de pessoas diariamente, os profissionais do transporte coletivo devem se somar a outros grupos definidos como prioritários na vacinação contra a Covid-19. São tidos como vulneráveis ao vírus.

Punição 

Sob pena de ter de pagar multa, o eleitor que deixou de votar no primeiro turno tem até o dia 14 de janeiro para regularizar a sua situação, e para quem se ausentou do segundo turno, o prazo vai até 28 janeiro. 

 

CURTAS 

 - Apesar de garantir que manteria o protocolo para evitar a disseminação do coronavírus, a direção da Câmara de Goiânia permitiu acesso fácil à galeria do plenário. 

- Dia 12 de janeiro os deputados retornam ao trabalho para a votação da Lei Orçamentária de 2021 do governo estadual. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar