coluna Xadrez

Bancada do MDB "enquadra" o vereador por Goiânia Kleybe Morais

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 10 de março de 2021
Parlamentar desobedeceu orientação da bancada sobre votação de matérias do Paço e do líder do prefeito. Partido faz parte da base de apoio na Câmara | Ilustração: Takeshi Gondo

Venceslau Pimentel 

A desobediência do vereador Kleybe Morais (MDB) em seguir orientação da bancada quanto à votação de matérias da prefeitura de Goiânia, e também da liderança de prefeito, já que o partido faz parte da base de apoio ao Paço Municipal, resultou no “enquadramento” do emedebista, mas não de forma oficial. A insatisfação da legenda cresceu com a insistência de Morais em emendar o projeto que institui o programa Renda Família, subindo o valor do benefício de R$ 300 para R$ 500. Isolado. Kleybe Morais foi derrotado na Comissão de Finanças e também no plenário. A proposta que o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) enviou à Câmara foi aprovada conforme o texto original.  

Pra março 

O programa, que vai contemplar milhares de famílias de baixa renda, será instituído a partir do mês de março, conforme projeção da prefeitura, e vai valer por seis meses.  

Fora do MDB 

Está definido. O deputado Bruno Peixoto (MDB) vai continuar como líder do Governo na Alego, mas nos bastidores corre informação de que ele deixará o partido para se filiar ao DEM de Ronaldo Caiado. 

Reforço 

O caixa da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) será reforçado com R$ 5,5 milhões, a título de subvenção econômica. O aporte financeiro faz parte do plano emergencial elaborado pelo Executivo municipal, em acordo com o Ministério Público. 

Parceria 

Ao ser imunizado contra a Covid-19, o ex-prefeito Iris Rezende dedicou discurso a Ronaldo Caiado e a Rogério Cruz, que fizeram questão de acompanhá-lo até o local de vacinação. Disse que os dois gestores não descansam para cuidar da população. 

Encampou 

Por falar no prefeito, ele passou a encampar luta de Maguito Vilela, pela construção do anel viário de Goiânia. Ontem ele esteve encontro com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em Brasília.

Sem partilha 

Goiás e mais 23 Estados não vão ter direito a ficar com receita de 20% de contribuições sociais desvinculadas do orçamento por meio da Desvinculação das Receitas da União. A decisão é do Supremo Tribunal Federal. 

No cartão 

O pagamento da passagem do transporte coletivo de Goiânia poderá ser feito por meio de cartão de débito e crédito, se a Câmara aprovar projeto de lei do vereador Lucas Kitão (PSL), que está na pauta da sessão de hoje. 

Prioridade

Em meio a sucessivos reajustes no preço da gasolina, a Assembleia Legislativa vai votar projeto de lei que incentiva o consumo de etanol, em Goiás, considerando que o Estado é um dos principais produtores do País. 

CURTAS 

- Cotado para assumir cadeira do TCM, o deputado Humberto Aidar (MDB) segue no comando da Comissão de Constituição, justiça e Redação da Alego. 

- Em comemoração aos seus quatro anos em Goiás, a Enel entrega duas grandes obras na região Metropolitana: a nova Subestação Santa Genoveva e a ampliação da Subestação Meia Ponte. Investimentos de R$ 56 milhões.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar