coluna Xadrez

Na contramão de Caiado, deputado diz que fechar tudo não é solução

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 02 de abril de 2021
Confira a coluna Xadrez, desta terça-feira (02/03), por Venceslau Pimentel | Foto: Takeshi Gondo

Venceslau Pimentel 

Na contramão das medidas restritivas anunciadas pelo governador Ronaldo Caiado (DEM), que defende o fechamento de atividades não essenciais no Estado, como forma de conter o avanço da pandemia e evitar o colapso na saúde, o deputado federal por Goiás, Vítor Hugo (PSL), sai em defesa da economia, seguindo o mesmo discurso do presidente Jair Bolsonaro, de quem é aliado de primeira hora. “A falta de empregos mata”, pontua, sem citar, por exemplo, o número de brasileiros que já morreram em conseqüência da Covid-19. “Precisamos de equilíbrio e bom senso na definição das medidas de proteção. Fechar tudo não é a solução”, diz. 

Menos Brasília 

Carta assinada pelo presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde, Carlos Lula, e subscrita pelos titulares das pastas nos Estados, exclui das discussões o governo federal, “por sua inércia”, e defende medidas conjuntas de governadores e prefeitos para um pacto nacional pela vida. 

Agora não

Em resposta ao deputado federal Francisco Jr (PSD), que defende a abertura de templos e igrejas, por entender que desenvolvem atividade essencial, um seguidor dele nas redes sociais diz que o parlamentar faz média, mesmo sabendo que o sistema de saúde está entrando em colapso. 

Calma lá! 

Contrariado com o embate entre Ronaldo Caiado e Ibanês Rocha (MDB), o senador Luiz Carlos do Carmo repreende o correligionário e mete a colher na briga, em defesa dos goianos que geram riqueza no DF, mas não podem usar o sistema de saúde de lá. 

Impunidade

Sobre a decisão do ministro Dias Toffoli, de declarar inconstitucional a tese de legitima defesa da honra para justificar feminicídios, a deputada federal Flávia Morais (PDT) diz não entender o Judiciário, que aceita esse tipo de argumento para livrar da cadeia quem pratica violência contra a mulher. 

Vacina local 

Projeto de autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), prevê a compra de vacinas por estados e municípios, para imunização de sua população, para os casos em que o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização.

Fora do ninho 

A saída de Jânio Darrot do PSDB deve ter reflexos na Assembleia Legislativa, cuja bancada conta com Helio de Sousa, Francisco Oliveira e Talles Barreto. O ex-prefeito de Trindade busca se habilitar para disputar mandato em 2022, e pode ter a companhia de outros tucanos. 

Mais uma 

Sai uma nova decisão do Tribunal de Contas do Estado que deve impactar no bolso de Jayme Rincón, ex-presidente da Agetop, agora Goinfra, por não ter cumprido prazo de execução de obras rodoviárias. O valor da multa é de R$ 8,8 mil. 

Tá avisado 

O alerta é da Secretaria da Economia. Quem não aproveitar para quitar débitos com o Fisco estadual, por meio do programa de regularização fiscal, a pasta lembra que a Lei nº 20.939/20 permite que outra campanha seja realizada somente daqui a dez anos. 

CURTAS 

Ronaldo Caiado tem agenda hoje em Brasília, em encontro com governadores, de olho na aquisição de vacinas contra a Covid-19. 

Adida para a próxima semana a prestação de contas do estado referente ao terceiro quadrimestre de 2020, por conta do fechamento da Alego por uma semana.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar