coluna Xadrez

Em missa no STJ, padre Robson exalta trabalho dos ministros

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 08 de abril de 2021
Confira a coluna Xadrez, por Venceslau Pimentel, desta Segunda-feira (8/3) | Foto: Takeshi Gondo

Venceslau Pimentel 

Ministros da sexta turma do Superior Tribunal de Justiça, que irão julgar o mérito do habeas corpus que suspendeu o andamento da ação penal contra padre Robson de Oliveira, participaram de uma missa de Natal celebrada pelo sacerdote, na sede da corte. Na homilia, o religioso - que foi afastado da reitoria do Santuário Basílica de Trindade, e da presidência da Afipe, por estar seno investigado por supostos crimes de lavagem de dinheiro, apropriação indébita e falsidade ideológica – proferiu o que pode resultar em sua sentença. “Eu fico imaginando vocês, ministros, quanta situação difícil vocês vivem todo dia no trabalho, quanta coisa ruim vocês ouvem, veem, leem e têm que julgar”. 

Sub judice

Nos próximos dias, o ministro relator do caso do sacerdote dever proferir seu voto, se mantém ou não o trancamento da ação que tramita no Tribunal de Justiça de Goiás, que agora está sob suspeita de favorecimento do sacerdote. 

Lados opostos 

Ao retuitar post que prega que tratamento preventivo é vacina, o procurador da República em Goiás, Helio Telho, mostra que discorda frontalmente do colega Ailton Benedito, que defende o kit Covid para tratar a doença de forma preventiva. 

Isonomia

De autoria do deputado Bruno Peixoto (MDB), a Alego vai votar projeto que altera artigo da lei orgânica da Polícia Civil que estende mesmos direitos a agentes e escreventes aos integrantes dos cargos do Grupo Ocupacional de Identificação inativos. 

Sem privilégio

Está a cargo do deputado Dr. Antônio (DEM) a relatoria do projeto que o governador Ronaldo Caiado (DEM) enviou à Assembleia Legislativa, que veda a concessão dos incentivos do Produzir e também ao que trata de incentivo à instalação de montadoras, dentro do Produzir. 

No lucro 

De R$ 403,9 milhões já refinanciados, dentro do programa Regulariza Fiscal, do governo, R$ 166,4 entraram nos cofres do Estado, entre pagamento à vista e primeira parcela já paga. A Secretaria da Economia estima chegar a R$ 800 milhões a título de recuperação de créditos, já que a adesão vai até 1º de abril. 

Contra a corrupção 

O deputado federal José Nelto (Podemos) sai em defesa do projeto do senador Álvaro Dias que acaba com foro privilegiado, por acreditar ser um salto civilizatório que o Brasil precisa. 

Adversário

Em visita ao Centro Especializado em Reabilitação, em Luziânia, ao lado do prefeito Diego Sorgatto (DEM), o deputado federal Célio Silveira (PSDB) fez críticas ao ex-prefeito Cristóvão Tormin (PSD), por não ter colocado a unidade em funcionamento. 

Mais grana 

Municípios goianos serão contemplados com cerca de R$ 14 milhões, oriundos da Sudeco, para obras de infraestrutura e aquisição de maquinário. São eles: Cabeceiras, Águas Lindas, Porangatu, Montividiu, Mara Rosa, Serranópolis, Abadia de Goiás, Piranhas e Formoso. 

CURTAS

Taxistas de Goiânia reagiram à decisão do Supremo, de declarar inconstitucional a comercialização de alvarás, como também a transferência a herdeiros de taxistas. Na capital, são cerca de 2 mil concessões. 

Por mais uma semana, a Alego e a Câmara de Goiânia permanecerão sem atividades em plenário, por conta do decreto que prevê o funcionamento apenas de atividades essenciais.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar