24 de junho de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Cidades
07/05/2016 | 11h00
Projeto de OUC recua para “adequações”
Após resistência de moradores da região do Jardim Botânico proposta é reavaliada

Deivid Souza

O clima tenso que dominou as audiências públicas destinadas a apresentar e discutir o projeto de implantação da Operação Urbana Consorciada (OUC) na região do Jardim Botânico, contribuiu para que a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) decidisse promover “adequações” na proposta. Agora, o Instituto Cidades, que conduz as discussões do projeto dialoga com Universidade Federal de Goiás, Universidade Estadual de Goiás, Conselho de Arquitetura e Urbanismo em Goiás (CAU-GO) e Prefeitura de Goiânia para aprimorar a ideia e a forma de apresentação da mesma.

Está prevista a realização de seminários- um deles acontece na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO), e reuniões para ampliar a participação da população. O representante do Instituto Cidades, Marcel Canedo, reitera que o momento é para dialogar sobre a iniciativa. “Como  é uma proposta complexa, a gente está alinhando com a necessidade da população. Nós discutimos aspectos técnicos. Vamos aprimorar a forma de comunicação com a população”, frisa.

Revisão

Canedo afirmou que nesse momento não existem pontos específicos na revisão que está em curso, mas que a recepção das instituições que estão colaborando com as discussões tem sido produtiva. A Seplanh informou ao O HOJE, por meio de sua assessoria de imprensa, apenas que o projeto “voltou para adequações” e neste momento não está se pronunciando a respeito.

O vereador, Paulo Magalhães (PSD), que tem participado das discussões, afirmou ao O HOJE que o prefeito Paulo Garcia teria decidido não discutir a construção de prédios nas quadras mais próximas ao Jardim Botânico. “Ficamos felizes com a suspensão”, disse. O HOJE entrou em contato com a assessoria de imprensa do prefeito, mas esta não conseguiu confirmar até o fechamento desta reportagem o posicionamento de Paulo Garcia a respeito do assunto.

Interrupção

A mudança nos rumos das discussões aconteceu depois da realização de duas audiências públicas com debates acalorados e pouco produtivos. Estavam previstas mais cinco audiências, mas estas foram suspensas para que a condução do projeto fosse revista.

A OUC é uma iniciativa que visa promover melhorias na infraestrutura da região de implantação pelo poder público com financiamento privado. Em contrapartida, os investidores podem adquirir os Certificados Potenciais Adicionais de Construção (Cepacs), negociados na bolsa de valores, para aumentar a capacidade de construção na região da OUC

 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)