16 de julho de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Feminicídio
12/01/2018 | 14h50
Médico acusado de matar ex-mulher é preso em Anápolis
Homem era considerado foragido desde 18 de dezembro

O médico Álvaro Ferreira Silva, suspeito de matar sua ex-mulher, a pedagoga Danielle Christina, foi preso na noite de quinta-feira (11) em um shopping no centro do município de Anápolis. A operação ocorreu em conjunto da Polícia Civil (PC) de Goiás com o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis e a Delegacia de Investigações Criminais (Deic).

De acordo com o delegado Vander Coelho, do GIH, uma equipe da Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) do Tocantins fez o recambiamento do homem para Palmas, já na manhã desta sexta-feira (12).

Álvaro era considerado foragido desde o último dia 18 de dezembro, quando o corpo de Danielle foi encontrado na casa dela, em Palmas. O médico se tornou o principal suspeito após, segundo a polícia, ter agredido a ex-mulher e ter ameaçado matá-la outras vezes. Ele, inclusive, já havia sido preso por agressão e foi solto no dia 17 de dezembro. 

No dia seguinte, o advogado da pedagoga, Edson Monteiro de Oliveira Neto, após não conseguir contato com a cliente, chamou a polícia, que encontrou o corpo de Danielle. 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)