23 de outubro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Crime
10/10/2018 | 12h00
Jovem baleada na frente do filho morre após 30 dias internada
O ex-marido da vítima é suspeito de ordenar a morte da mulher de dentro da cadeia, após descobrir suposta traição, de acordo com a Polícia Civil

Fernanda Martins*

Maiane Silva de Sousa, de 21 anos, morreu na noite da última segunda-feira (8) no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), após ser baleada na cabeça na frente do filho, de 2 anos, e ficar 30 dias internada em estado gravíssimo. De acordo com nota divulgada pelo Hugo, a paciente sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. 

De acordo com a Polícia Civil, o ex-marido da vítima é suspeito de ordenar a morte da mulher de dentro da cadeia onde cumpre pena, no Pará, após descobrir suposta traição. Maiane já havia sido ameaçada pelo ex-marido no mês de agosto, registrou um boletim de ocorrência na polícia contra o homem e viajou fugindo dele, saiu de Castanhal, no Pará, com destino a Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso.

Ao passar por Goiânia, na tarde do último dia 9 de setembro, a jovem não embarcou para o destino final, saiu da rodoviária e foi vítima de dois disparos de um homem que se aproximou, no Jardim Helvécia, em Aparecida de Goiânia, enquanto ela andava de mãos dadas com o filho. O pai da vítima buscou o neto, que presenciou o crime, e voltou para o Pará.

*Fernanda Martins é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje sob supervisão de Naiara Gonçalves

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)