24 de abril de 2019 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
igualdade
21-03-2019 | 09h25
Síndrome de Down: pessoas amorosas e muito especiais
Nesse dia 21 de março, é celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Essa data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários

Eduardo Marques

A síndrome de Down é uma condição genética que leva à características físicas singulares. Ela é causada por um cromossomo extra no par 21 e, embora apresentem deficiências intelectuais e de aprendizado, pessoas com síndrome de Down têm personalidade única, estabelecem boa comunicação e também são sensíveis e muito amorosas.

Conhecida também como trissomia 21, a síndrome é um acidente genético que ocorre no momento da concepção em 95% dos casos. Com o avanço da idade materna, existe uma probabilidade maior de gerar um bebê com alterações cromossômicas como a Síndrome de Down, principalmente acima dos 35 anos de idade. Isso acontece, pois, as células mais velhas tem maiores chances de terem erros durante seu processo de divisão, o que pode causar a presença de um cromossomo a mais ou a menos nos óvulos.

Muitas vezes, crianças com essa síndrome sofrem em meio a sociedade, por isso, no dia 21 de março é celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Essa data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade.

Família

A descoberta que uma criança nasceu com síndrome de Down causa enorme impacto nos pais e na família. Todos precisam de tempo para aceitá-la do jeito que é, e adaptar-se às suas necessidades especiais.

A estimulação precoce desde o nascimento é a forma mais eficaz de promover o desenvolvimento dos potenciais da criança com síndrome de Down.  Cabe aos pais empenhenhar-se nessa tarefa, mas procure levar a vida normalmente. Como todas as outras, essa criança precisa fundamentalmente de carinho, alimentação adequada, cuidados com a saúde e um ambiente acolhedor.

Inclusão

O ideal é que essas crianças sejam matriculadas em escolas regulares, onde possam desenvolver suas potencialidades, respeitando os limites que a síndrome impõe, e interagir com os colegas e professores.

O preconceito e a discriminação são os piores inimigos dos portadores da síndrome. O fato de apresentarem características físicas típicas e algum comprometimento intelectual não significa que tenham menos direitos e necessidades. Cada vez mais, pais, profissionais da saúde e educadores têm lutado contra todas as restrições impostas a essas crianças.

Proteção

Publicada em junho de 2016, a lei busca garantir, através do Programa Estadual de Orientação sobre Síndrome de Down, que Poder Público e que a sociedade civil organizada se juntem a fim de  idealizar e pôr em prática ações voltadas para a compreensão, apoio, educação, saúde, qualidade de vida, trabalho e combate ao preconceito, com relação às pessoas com síndrome de Down, seus familiares, educadores e agentes de saúde.

Asdown

Associação Down de Goiás (ASDOWN-GO) criada em 31 de março de 1993, é uma entidade sem fins lucrativos de abrangência estadual, de caráter social, educativo, científico e cultural, congrega pais e familiares de pessoas com a Síndrome de Down, com a finalidade de combater preconceitos relativos à aceitação da pessoa com a Síndrome de Down, conquistar seus direitos e promover a busca incessante de medidas visando o seu desenvolvimento, bem como a sua integração à sociedade e o apoio às famílias.

O movimento de criação da ASDOWN se desencadeou a partir das discussões e reflexões de um Grupo de Pais das pessoas com Síndrome de Down, por acreditar que somente através da organização, das ações coletivas e da luta é que de fato as políticas públicas que promovam inclusão social e cidadania plena e ativas das pessoas com a Síndrome de Down se tornarão uma realidade.

 
(62) 3095-8700