Domingo, 12 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Lojas da Região da 44 reabrem após mais de três meses fechadas

Postado em: 30-06-2020 às 10h52
Prefeitura da capital sinalizou que quer seguir recomendação do estado, que prevê fechamento alternado. Comerciantes propõe começar com período de abertura e depois fechar pelos 14 dias| Foto: Reprodução/AER44

Eduardo Marques

Após mais de três meses sem trabalhar, os comerciantes da Região da 44, no Centro de Goiânia, reabrem as portas na manhã desta terça-feira (30). A retomada, que já estava programada em decreto publicado pela prefeitura no último dia 19, ocorre após o governo de Goiás publicar outra orientação, determinando fechamento alternado de 14 dias, seguido de outros 14 de funcionamento.

O prefeito de Goiânia Iris Rezende (MDB) havia dito que pretende seguir o que determina o decreto do governo, já que cada município tem autonomia para tomar essa decisão. No entanto, até esta manhã não fora publicada nova ordem municipal.

De acordo com a administração da capital, o prefeito e outras autoridades estão avaliando, nesta manhã, possibilidade de publicação de novo decreto.

Os lojistas da Região da 44 vem se preparando para este momento de reabertura. Por meio de nota, a Associação Empresarial da Região da 44 (AER44) detalhou que "empreendedores e lojistas da Região se mobilizaram e se organizaram ao longo da última semana para atender a todas a medidas de segurança sanitária impostas no decreto municipal, o que gerou grande gastos".

Diante do decreto do governo, Jair disse que os comerciantes sugerem que uma alternativa seja avaliada para que eles possam continuar funcionando pelos próximos dias.

“Não temos dificuldade nenhuma em atender o governador do estado. Até porque, ele sabe disso, fomos o primeiro segmento empresarial a dar a mão ao governador no fechamento. Agora, o que estamos pedindo e sugerindo ao prefeito: manter os 14 dias, a partir de hoje, aberto e depois vamos analisar para fechar”, explicou. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar