Terça-feira, 14 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Prefeitura de Goiânia vai fechar comércio seguindo decreto do Estado

Postado em: 30-06-2020 às 17h45
A partir desta quarta-feira (1º), os estabelecimentos da Capital voltarão a fechar as portas, com o isolamento intermitente: 14 dias fechados e 14 dias abertos – Foto: Reprodução.

Nielton Soares

O prefeito de Goiânia Iris Rezende (MDB) decidiu seguir à risca o decreto do governador Ronaldo Caiado (DEM) para o fechamento intermitente do comércio na Capital, a partir desta quarta-feira (1º).

O decreto municipal foi publicou no início da noite desta terça-feira (30), um dia após o Governo Estadual reeditar o decreto de março. Agora, o comércio e outras atividades econômicas não essenciais terão de fechar pelo período para voltar a reabrir no dia 14 de julho.

De acordo com o Paço, devido o decreto do governador ter saindo apenas na noite desta segunda (29), a decisão, mesmo de última hora, já passa a valer de imediato. Assim, sem definição, as lojas da Região da Rua 44 puderam reabrir, conforme já estava previsto e autorizado por decreto anterior do próprio prefeito.

As atividades econômicas não essenciais já tinham iniciado a funcionar desde o dia 1º de junho, quando foram liberados os mercados municipais, treinos de futebol e imobiliárias. Após houve a permissão do funcionamento do comércio varejista e atacadista, shoppings e centros comerciais, como a própria região da Rua 44.

Com essa nova decisão, o funcionamento é permitido apenas para supermercados, farmácias, postos de combustíveis, clínicas veterinárias, delivery e transporte coletivo público e privado. Porém, com atenção às medidas de higiene e segurança instruídas pelas autoridades de saúde, como uso de máscaras, uso de álcool em gel e evitar aglomerações.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar