Sábado, 15 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Governo apresenta índice de criminalidade em Goiás; houve queda de homicídios e latrocínios

Postado em: 14-07-2020 às 13h15
Na ocasião o governador Ronaldo Caiado também sansionou a lei que cria a Delegacia de Combate à Corrupção - Foto: Reprodução/PCGO

Marcella Vitória

O governador Ronaldo Caiado (DEM) juntamente com autoridades da segurança pública, divulgaram na manhã desta terça-feira (14), os índices de criminalidade em Goiás. Os dados são referentes ao primeiro semestre de 2020, em comparação ao mesmo período de 2019. A divulgação foi feita em coletiva, que também anunciou a criação da Delegacia de Combate à Corrupção em Goiás. 

Segundo o Delegado Geral da Polícia Civil do Estado de Goiás, Odair José Soares, o Estado foi o pioneiro na criação de um grupo para combater a corrupção. Hoje, foi sancionada por Caiado a lei para a criação da Delegacia de Combate à Corrupção. 

“É um fato que faz a diferença. Essa data onde nós estamos aqui sancionando uma lei em que Goiás sempre foi protagonista, no nosso governo, em avançar no combate à corrupção. Essa delegacia, já instalada com todos os profissionais competentes a frente dela, hoje configurada em lei é para deixar claro que cada vez mais nós nos especializaremos no combate a corrupção no estado de Goiás, que tantos danos já causou a população goiana.”, afirmou o governador. 

Índice de criminalidade

Os indicadores de criminalidade do 1º semestre de 2020 no Estado apresentados durante a manhã desta terça-feira (14), apontam que em 18 meses consecutivos houve uma redução dos crimes.

Os homicídios tiveram redução de 16,52%, já os crimes de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, diminuíram em 37,14%. Veja a redução de roubos e furtos: 

Roubos

  • Veículos: 38,29%
  • Pedestres: 29,23%
  • Cargas: 34,95%
  • Comércio: 18,31%
  • Residências: 19,58%
  • Instituições financeiras: 100%

Furtos

  • Veículos: 24,39%
  • Pedestres: 24,05%
  • Comércio: 3,58%
  • Residências: 23,59% 

Prisões e apreensões

Também foram divulgados os números de prisões e apreensões realizadas no Estado no primeiro semestre de 2020. No total, 5.157 prisões foram efetuadas, e outras 12.621 prisões em flagrante. Ao todo 3.115 armas foram apreendidas.

Os dados apontam ainda que foi feita a apreensão de mais de 24 toneladas de drogas. Além disso, foram realizadas 689.251 abordagens policiais, mais de 10 mil operações deflagradas.  

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar