Domingo, 09 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Pirenópolis libera entrada de turistas a partir de 14 de agosto

Postado em: 01-08-2020 às 10h40
O novo decreto estabelecido pela prefeitura do município autoriza a reabertura de vários estabelecimentos, que devem cumprir uma série de medidas. Flexibilização poderá ser interrompida caso haja 95% de ocupação de leitos - Foto: Reprodução

Marcella Vitória

O município de Pirenópolis poderá voltar a receber turistas a partir do dia 14 de agosto. O novo decreto municipal publicado na sexta-feira (31), autoriza a reabertura de pousadas, casas de aluguel, camping, albergues, agências de viagens e atrativos. 

Entrada de visitantes de outros estados será permitida apenas mediante comprovação de hospedagem. Caso a taxa de ocupação de leitos na cidade e em Goiás seja maior que 95%, a flexibilização poderá ser suspensa. 

Os estabelecimentos devem ter um atestado de conformidade aprovado e emitido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para que assim, voltem a funcionar. Os locais deverão ser higienizados constantemente e só podem atender com, no máximo, 65% da capacidade no caso de hospedagem, e 50% nas demais atividades. 

Regras

De acordo com o decreto, os estabelecimentos terão de cumprir uma série de medidas, como manter o distanciamento de 2 metros e aferir a temperatura de todos os clientes. 

Os funcionários devem ser treinados para seguir as exigências. Hóspedes que apresentarem sintomas de síndrome gripal estarão proibidos de entrar e permanecer no local. 

O uso de máscara será obrigatório durante toda a estadia ou atrativos, podendo ser retirada apenas para alimentação, bebida, e para banho nos atrativos naturais. 

Caso algum funcionário teste positivo, o local deverá ser fechado e totalmente higienizado. A volta do colaborador só será permitida quando a testagem for negativa e após liberação médica.

Os bares, lanchonetes e restaurantes poderão funcionar todos os dias da semana, até a meia noite. Os demais estabelecimentos de segunda a sábado, das 7h às 20h, e aos domingos até 12h. Atividades essenciais não possuem controle de horário de funcionamento.

Evento comemorativo com aglomeração de pessoas, como shows, comício, passeata, festas em chácara, evento desportivo e científico seguem proibidos de funcionar. Haverá multa de R$ 1 mil por pessoa em caso de descumprimento.

Bandeira vermelha 

A flexibilização poderá ser interrompida a qualquer momento pela prefeitura, caso o município atinja a chamada bandeira vermelha, com ocupação maior que 95% em leitos de enfermagem, e o mesmo percentual no caso de leitos de UTI em Goiás.

Pirenópolis conta atualmente com 5 leitos com ventiladores, sendo que nenhum deles está ocupado. Existem também 6 leitos de enfermaria, com taxa de ocupação de 50%.

Segundo o decreto, as regras serão revistas caso a taxa de incidência seja maior que 1.316% e a letalidade maior que 0,032, ou seja, mais de uma pessoa morrer na cidade. De acordo com a SMS, o município possui 84 confirmações acumuladas, com 32 casos ativos, 52 curados e 34 em isolamento domiciliar. Não há registro de óbito. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar