Segunda-feira, 28 de setembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

CBA realiza simulado de situação de emergência nas barragens de Niquelândia - GO

Postado em: 15-09-2020 às 18h20
O simulado estava previsto para acontecer no final de julho deste ano, mas em razão da pandemia causada pelo novo Coronavírus, o evento teve que ser adiado. - Foto: Reprodução/ Divulgação

Ana Julia Borba 

Nesta terça-feira (15), a Companhia Brasileira de alumínio (CBA) realizou o primeiro simulado de situação de emergência das barragens do Jacuba e Mosquito, em Niquelândia – GO. O processo é uma exigência da legislação e a ação contou com a participação do Corpo de Bombeiros Militar, e representando a Defesa Civil, a Secretaria do Meio Ambiente da cidade.

“A segurança da população é um valor para a CBA que está refletido em todas as ações da Empresa desde a sua fundação. A implementação do Plano de Atendimento Emergencial, com a instalação das 11 sirenes, as visitas educativas à comunidade da área de influência direta às barragens e o simulado que realizamos hoje são exemplos desse compromisso”, afirmou o gerente de Sustentabilidade da CBA, Leandro Faria.

O simulado foi reformulado para a segurança e a saúde de todos os envolvidos, seguindo as orientações e os protocolos sanitários da Organização Mundial da Saúde (OMS). Cada morador fez a rota de fuga ao toque das sirenes, mantendo o distanciamento social. Um total de 29 moradores participaram da simulado de evacuação das suas casas. O simulado estava previsto para acontecer no final de julho deste ano, mas em razão da pandemia causada pelo novo Coronavírus, o evento teve que ser adiado.

De acordo com o produtor rural, Sebastião Almeida Batista, o exercício foi de mera importância para os moradores e produtores da região.  “A CBA ensinou que quando a gente ouvisse o sinal da sirene era para deixar a casa e ir até o ponto onde foi combinado. Agora com o simulado me sinto mais seguro, porque a gente foi ensinado como fazer”, afirmou o produtor. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar