Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Suspeito de matar advogados em Goiânia morre em confronto com a PM no Tocantins

Postado em: 31-10-2020 às 11h00
O outro suspeito foi preso e apresentado pela Polícia Civil na manhã deste sábado (31) - Foto: Reprodução

Luan Monteiro

Um suspeito de participar da execução dos dois advogados em Goiânia, morreu após troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na última sexta-feira (30) em Porto Nacional, Tocantins. Jaberson Gomes Lopes, de 24 anos, foi localizado na cidade após fugir de Goiânia.

O segundo suspeito de participar da execução dos advogados, Pedro Henrique Martins Soares, de 22 anos, foi preso na manhã da última sexta-feira (30) em Palmas. Pedro já foi trazido à Goiânia e apresentado a Polícia na manhã deste sábado (31).

Relembre o Caso

Dois advogados foram mortos a tiros na tarde da última quarta-feira (28), em Goiânia. As vítimas foram baleadas e os suspeitos fugiram após efetuar os disparos. Os nomes foram confirmados pela Polícia Militar, são eles: Marcus Aprigio Chaves e Frank Alessandro.

Uma das vítimas, o advogado Marcus Aprigio, é filho de um desembargador de Goiás. A Assessoria de Comunicação Social da Polícia Militar informou que ao ter ciência da ocorrência , "imediatamente tomou as medidas cabíveis quanto ao isolamento do local e acionamento dos órgãos competentes". O Governador Ronaldo Caiado (DEM), se manifestou sobre o crime. "Como governador do Estado e pai de família, asseguro que o ocorrido será apurado com todo o rigor da Lei. Não mediremos esforços para prender os responsáveis por este ato tão bárbaro." declarou. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar