Cidades

Encontro Goiano de Prefeitos e Prefeitas resulta em união de chefes do executivo

Postado em: 27-01-2021 às 19h50
Em evento promovido pela Federação Goiana e Confederação Nacional de Municípios, governador pregou parcerias, independente de partidos | Foto: Lucas Diener

Da Redação

O governador Ronaldo Caiado participou, nesta quarta-feira (27/01), do Encontro Goiano de Prefeitos e Prefeitas, promovido pela Federação Goiana de Municípios (FGM) e Confederação Nacional de Municípios (CNM). Além de dar boas-vindas, ele fez um panorama aos gestores sobre a atual situação da pandemia de Covid-19 em face da segunda onda da doença. Também destacou a importância das parcerias.

Caiado pontuou que está à disposição dos prefeitos recém-eleitos. “Quero discutir, avaliar e ter uma parceria que seja cada vez maior”. Ele fez questão de deixar claro que isso ocorrerá independe de partidos. “O respeito que tenho pelo resultado das urnas sempre me guiou. Vocês nunca me viram contestar uma decisão, que é determinação da vontade do povo. E cabe a todos nós acolhermos”, disse.   

O governador salientou que a população quer uma gestão de qualidade e que, por isso, se fazem necessários posicionamentos firmes. “Não deixem com que a preocupação em ter simpatia possa tirar de vocês o momento correto de implantar medidas corretivas e que são fundamentais para que seu governo sobreviva”, defendeu. 

Caiado ainda citou o crescimento no número de pacientes com Covid-19 e informou que alguns municípios já se encontram com a lotação máxima de leitos ocupados. “É importante que as pessoas entendam que não há queda de braço. Nosso trabalho é para diminuir a contaminação e salvar vidas”. 

Reconhecimento

O presidente da FGM, José de Sousa Cunha, fez um balanço das conquistas da entidade e reconheceu as ações do governo estadual para ajudar os municípios, principalmente, no período da pandemia.  Ele afirmou que Caiado “levou a regionalização da saúde, inclusive com as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no interior”.

Ao citar a criação do ProGoiás, o titular da federação classificou o programa como “ousado”. “Busca dar oportunidades para que não percamos emprego e possamos ter renda para as famílias”, disse. Ele ainda lembrou do repasse de verbas feito em dia, pelo governo estadual, para a saúde e o transporte escolar, ressaltando a agilidade na transferência dos recursos. 

Essa última pauta também foi elogiada pelo presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Joaquim de Castro. “É muito importante para que as prefeituras possam implementar suas ações”, assinalou. Castro destacou a forma republicana do governador ao tomar decisões.  “Participo constantemente de reuniões. O senhor (Caiado) sempre convida representantes de órgãos, os chefes dos poderes para discutir. É firme, correto, coeso e pé no chão”, avaliou. 

Já o presidente da CNM, Glademir Aroldi, ponderou que o governador Ronaldo Caiado tem sido um parceiro do movimento municipalista brasileiro. “Defende os interesses do Estado, mas sempre cuida também do objetivo de cada município goiano”, registrou. Ao chamar o governador de “líder municipalista”, disse que Caiado entende que o fortalecimento da gestão local está muito ligado à melhoria da qualidade de vida da população goiana e brasileira.

O vice-governador Lincoln Tejota participou virtualmente do encontro e afirmou que Caiado é “um homem de posições firmes e coração grande”. “É um parceiro dos prefeitos e municípios, sem olhar para partido, sem olhar para outra coisa a não ser a necessidade e a realidade daqueles que precisam”, sublinhou. 

No evento, o deputado estadual Virmondes Cruvinel, que representou o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira, reiterou a importância do trabalho conjunto. “A Alego tem também esse componente de parceria com todos os municípios, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que estão à frente dos mandatos”, alegou Cruvinel.   

Líder da bancada goiana no Congresso Nacional, a deputada federal Flávia Morais, ressaltou o trabalho da FGM nas lutas em defesa dos municípios brasileiros. Ela citou exemplos de conquistas, como a lei complementar 73, que trouxe recursos extras no valor de R$ 1,1 bilhão; o incremento no repasse de R$ 2,2 bilhões para o combate à Covid-19; além de R$ 98 milhões da lei Aldir Blanc. “Tivemos, em 2020, um ano desafiador, mas, mesmo assim, queria celebrar esses avanços importantes para os municípios”, assinalou.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar