Cidades

PC prende suspeito de lavagem de dinheiro e receptação de produtos de higiene, em Luziânia

Postado em: 23-02-2021 às 11h00
A ação faz parte da Operação Efeito Dominó, que investiga a utilização farmácias em nome de laranjas para praticar crimes | Foto: Divulgação/Polícia Civil do Estado de Goiás

Augusto Pereira

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia, prendeu, nessa segunda-feira (22/02), um homem investigado por lavagem de dinheiro e pela receptação de carga de produtos de higiene furtados/roubados.

A Operação Efeito Dominó também apreendeu ontem, carros de luxo e diversos documentos relacionados à investigação, além de realizar o bloqueio de mais de R$ 260 mil do investigado. Segundo os policiais, “o preso utilizou farmácias em nome de laranjas para lavar o dinheiro que obtinha com os crimes que praticava”.

A investigação teve início em setembro do ano passado. Na ocasião, a Gepatri apreendeu uma chácara do investigado e uma carga furtada/roubada de mais de R$ 90 mil em produtos de higiene. O homem está recolhido na unidade prisional de Luziânia à disposição do Poder Judiciário.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar