24 de maio de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Conscientização
11/02/2018 | 11h00
Filme Extraordinário é exibido para diretores de escolas estaduais nesta segunda
Sessão não terá custos e será acompanhada de uma palestra logo em seguida. A exibição está marcada para às 18h30 no Shopping Bougainville

Com o objetivo de chamar atenção de gestores escolares para a importância do desenvolvimento de habilidades socioemocionais, a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) fez um convite aos diretores da rede pública estadual de Goiânia e Aparecida de Goiânia para uma sessão especial do filme Extraordinário (Wonder) nesta segunda-feira (12), às 18h30. A exibição ocorre no Cinema Lumière do Shopping Bougainville e contará com a presença da secretária Raquel Teixeira.

A sessão não terá custos para os convidados. Após a exibição, haverá uma palestra com o membro do comitê científico do EduLab 21 do Instituto Ayrton Senna e professor de Economia da Universidade de São Paulo (USP), Daniel Santos, sobre o tema.

O longa-metragem, indicado ao Oscar de melhor maquiagem, conta a história de Auggie Pullman (Jacob Tremblay), um garoto que nasceu com malformação congênita no rosto, o que fez com que ele passasse por 27 cirurgias plásticas. Ao completar 10 anos de idade, ele frequentará pela primeira vez uma escola regular, como qualquer outra criança. Na instituição, o garoto precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta. 

O longa conta com Julia Roberts no papel de Isabel Pullman e Owen Wilson como Nate Pullman, os pais de Auggie. O filme estreou nos cinemas em novembro de 2017. 

Foto: Divulgação/Lionsgate/Wonder

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)