18 de agosto de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Surpresas
11/06/2018 | 10h00
Romantismo maduro: Casados presenteiam mais no Dia dos Namorados
O levantamento revelou que 64% dos brasileiros que pretendem presentear neste Dia dos Namorados são casados

A estabilidade financeira e a vontade de manter o clima romântico no relacionamento são as principais motivações para que os casados presenteiam mais no Dia dos Namorados. É o que aponta a pesquisa de intenção de compras para a data realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O levantamento revelou que 64% dos brasileiros que pretendem presentear neste Dia dos Namorados são casados. 

De modo geral, a pesquisa mostra que a maior parte (36%) dos entrevistados deve gastar a mesma quantia que no ano passado, enquanto 21% projetam desembolsar mais e 17% pretendem diminuir o valor gasto. Em média, o consumidor brasileiro deve desembolsar R$ 166,87 com os presentes do Dia dos Namorados

A pesquisa desmistifica a ideia que muitos têm de que apenas os relacionamentos mais recentes se dedicam ao romantismo. Experiente com o mercado de presente para a data, a gerente de vendas da Jean Darrot, Aline Sousa, confirma essa tendência. “Talvez por estarem com uma situação mais estável financeiramente do que os solteiros, eles realmente são maioria. E também costumam investir mais nos presentes”. A data é a terceira mais importante para o comércio varejista, ficando atrás apenas do Natal e Dia da Mães. 

A auxiliar de Recursos Humanos, Débora Alves, ilustra bem a pesquisa divulgada. “Sempre fiz questão de presentear no Dia dos Namorados, mesmo depois de casada. Faço isso para não deixar acabar o encanto de antes”, declara.  No ranking de intenções de comprar presentes para a data, os namorados aparecem com 30% e, na sequência, os noivos com apenas 5%. Outro detalhe interessante é que a intenção de presentear maior está entre os homens (69%). “Os casados também precisam aproveitar esse clima de romance”, completa Débora.

Assim como ela, o empresário Samuel Teixeira nunca deixou de presentear a esposa. Mesmo depois do “sim”, o dia dos namorados é sagrado. “Faço isso para manter a boa relação e não deixar cair na rotina”. Mas a dificuldade em escolher o presente continua. “Sei que ela prefere ganhar roupas, flores e viagens, mas ainda sinto dificuldade na hora da compra”, diz. Aline Sousa explica que essa “dificuldade” está relacionada a variedade de produtos femininos que costuma ser maior, e ao nível de exigência delas.  

Tópicos:  Namorados,   Casamento,   Casais,   Presentes

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)