Quinta-feira, 13 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cultura

Após acidente com ciclista, Gusttavo Lima conta como tudo aconteceu

Postado em: 06-07-2020 às 07h45
Segundo profissional, homem de 30 anos se queixava de dores na perna, passou por exames e foi liberado para ir para casa| Foto: Reprodução/ Julio Cesar Costa

Eduardo Marques*

O cantor Gusttavo Lima se envolveu em um acidente com um ciclista na noite desse domingo (05), em Bela Vista de Goiás, a cerca de 50 km de Goiânia. Ao colunista Leo Dias, o artista disse que no momento do acidente estava dirigindo a caminhonete dele e atingiu a vítima em uma rotatória da cidade após passar um carro em alta velocidade, furando a preferência. Ele prestou assistência à vítima. 

“Eu nunca passei por tal situação, eu estou muito tenso, Leo… mas eu vou te contar o que houve: eu estava na minha caminhonete, há 1h30 atrás (por volta de 21h30), em uma avenida mão dupla da minha cidade a cerca de 30 km/h, quando me aproximei de uma rotatória. Eu estava na preferencial, mas um carro passou muito rápido na minha frente, furando a minha preferência e, de repente, eu ouço um barulho forte", disse a Leo Dias.

Após atingir o homem, o cantor Gusttavo Lima disse ao colunista que se prontificou para ajudar o rapaz. "Não sabia o que era e parei o carro. Quando eu olho pelo retrovisor, vários carros parando atrás de mim. Voltei para ver o que havia acontecido. Desci do carro e fui entender. Meu carro havia encostado no guidão da bicicleta e derrubado o rapaz. Na hora, eu liguei pro Samu, pro 192. Fiquei lá o tempo todo prestando todo auxílio ao rapaz. Graças a Deus eu estava muito devagar. Meu carro é blindado e muito grande e se o choque fosse de frente eu poderia ferir o rapaz gravemente", afirmou.

Gusttavo pontuou que a ambulância do Samu não demorou para prestar socorro à vítima. "Depois de algum tempo, sempre dizendo que estava bem, ele foi e perguntou se eu era o Gusttavo Lima. Nisso, já havia umas 15 a 20 pessoas em volta. A ambulância chegou rapidamente. Eles estavam bem próximos. Logo que os médicos desceram, eles me falaram que estavam a cerca de 1km dali abastecendo num posto de gasolina e repararam quando o mesmo ciclista passou".

O cantor sinalizou que mesmo tentando ajudar o rapaz, ele insistia que não queria ir a um hospital. "Mesmo ele falando que estava bem, eu pedia o tempo todo para levarem ele pro hospital mais próximo, mas o rapaz não queria ir. Eu não entendia muito bem o porquê. Mas eu insisti muito e disse para ele não se preocupar que eu daria todo o suporte necessário.

Lima pontuou que só entendeu a resistência do rapaz em não querer ir a um hospital quando o segurança chegou lá. "Ele foi levado para um hospital público aqui de Bela Vista e eu pedi para meu segurança para ir até lá e transferi-lo para um hospital particular de Goiânia. Quero que ele tenha o melhor tratamento. Quando meu segurança chegou lá, ele entendeu por que o rapaz não queria de jeito nenhum ir para o hospital e estava dispensando o atendimento médico”, contou Gusttavo Lima à Coluna.

O rapaz que se acidentou chama-se Renato Rodrigues Borges, de 30 anos, que está cumprindo pena em regime semi-aberto pelos crimes de homicídio e receptação. Gusttavo disse que, independentemente de situação legal de Renato, continuará cumprindo o que prometera. De acordo com o G1, o ciclista atropelado teve alta e já voltou para casa na madrugada desta segunda-feira (6). 

*Com informações do colunista Leo Dias 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar