Sábado, 15 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cultura

Dia dos avós: demonstrações de amor mudam em tempo de pandemia

Postado em: 26-07-2020 às 18h00
Devido o isolamento social, muitos netos não poderão abraçar e beijar os avós. Mas a forma de amor pode ser demonstrada de outra maneira - Foto: Reprodução

Marcella Vitória

A maioria dos avós ajudam na criação dos netos, enquanto os pais estão trabalhando. Segundo o estudo Berlin Aging Study (BASE), divulgado em janeiro, avós que cuidam de netos têm 37% menos risco de morte do que adultos da mesma faixa etária que não cuidam de ninguém.

Uma pesquisa realizada em 2016 pela Universidade de Boston e corroborada por outro estudo da Sociedade Americana de Gerontologia em 2014, avaliou famílias entre 1985 e 2004 e revelou que a proximidade emocional entre netos e avós protege ambos da depressão e de outros transtornos mentais.

O relacionamento dos netos com os avós favorecem as habilidades socioemocionais, trazendo relações da ascendência para crianças e jovens. Isso é muito gritante em comunidades indígenas, por exemplo. E esse também é o papel dos avós.

O professor de Psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Eduardo Fraga Almeida, explica que esse convívio promove um fortalecimento da auto estima da criança, que se desenvolve com a crença de que é alguém que possui qualidades, sendo digna de ser amada. 

Bons relacionamentos são verdadeiros alimentos afetivos, tanto para a criança quanto para os avós. Para os idosos, conviver com as crianças é uma oportunidade de ver o desenrolar de novas gerações.

Isolamento

Com a pandemia, muitos idosos, classificados como grupo de risco da Covid-19, tiveram de ficar isolados de seus netos. Com isso, as famílias perceberam ainda mais o quanto fundamental e parceiros os avós são. 

Em 2020, o Dia dos Avós está sendo celebrado em meio à pandemia do novo coronavírus. Presentes de forma remota é a recomendação dada por especialistas, visto que o isolamento neste momento é essencial para preservar a saúde daqueles que amamos. 

Já que abraço e o beijo não são possíveis, a sugestão é que o neto expresse por meio de palavras, desenhos, vídeo gravado ou mensagem de voz o quanto seus avós representam para a vida dele. Diga o quanto ele é relevante, o quanto está sentindo falta.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar