Cultura

Capricórnio - afago no peito, cafuné na cabeça e apoio na vida

Postado em: 19-01-2021 às 18h10
O texto desta terça-feira (19/01) de autoria do advogado e escritor Lucas Montagnini fala dos capricornianos, nascidos entre 22 de dezembro e 20 de janeiro | Ilustração: Yuhon

Lucas Montagnini

O capricorniano chegou impondo um tom de realidade a todos que ali estavam presentes. Não, não vai ser sempre assim, só quando ele achar necessário. Porque ele é centrado, preocupado e responsável. O mais curioso sobre tudo isso que é são figuras deliciosamente dualistas, visto que quando não estão comprometidos com a seriedade, sabem saborear como ninguém os prazeres dessa vida. 

Ele não é chato, ele é compromissado. Ele não é ranzinza, é preocupado. Ele não é frio, é precavido. Já ouviu falar que as cabras têm o incrível dom de se manterem presas a rochas íngremes nos alpes? Pois é isso que ele é: seguro. Segurança financeira, emocional, física e espiritual. É isso que esse bicho astuto precisa para se libertar do próprio iceberg que criou em torno de si como escudo de proteção. 

Ele não exige muito de você e tampouco espera que tu banques o herói – ele é quem quer e vai fazer esse papel (em partes). É ele quem vai te dar a segurança que você precisa para alçar voos de magnitude inimagináveis na vida. Com eles a barganha sempre vai existir, mas o preço que você vai pagar é leve, se vindo de bom grado. Em troca, ele só quer afago no peito, cafuné na cabeça e apoio na vida. Seja com ele e tu o terás para sempre teu.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar