24 de julho de 2017 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Goiás
09/05/2017 | 16h00
Marconi assina ordens de Serviço em Ipameri
Na regional Sudoeste, o programa Goiás na Frente investirá R$ 230 milhões, beneficiando 24 municípios

No lançamento do “Goiás na Frente” em Ipameri, o governador Marconi Perillo assinou três ordens de serviço autorizando obras para cidades que estão incluídas na regional do Sudeste e da Estrada de Ferro.

A primeira ordem beneficia todos os municípios da regional com convênios que foram assinados pelo Governo do Estado por intermédio da Agehab com as Prefeituras para a construção de 1.758 unidades habitacionais no valor de R$ 17,5 milhões.

A segunda celebra convênio com a Prefeitura de Vianópolis visando a liberação de R$ 4,2 milhões, dos quais R$ 3,2 milhões para obras no Cemitério Municipal e R$ 1 milhão para pavimentação e recapeamento de vias urbanas.

Com o município de Gameleira, o governo firmou convênio para a liberação de R$ 1 milhão destinados a obras de pavimentação e recapeamento de asfalto urbano.

A solenidade de Ipameri foi prestigiada pelo deputado federal Roberto Balestra e pelos deputados estaduais Gustavo Sebba, Diego Sorgatto e Jean Carlo. Além de 22 dos 24 prefeitos da regional Sudeste, estiveram presentes vereadores, presidentes de partido, auxiliares do governo do Estado e das prefeituras da região.

Mais de 500 pessoas prestigiaram a solenidade, onde o governador anunciou investimentos superiores a R$ 200 milhões para os 24 municípios que integram a regional do ‘Goiás da Frente” em Ipameri.

Concebido para realizar investimento de R$ 9 bilhões em todos os municípios do Estado, R$ 6 bilhões de recursos do Tesouro Estadual e outros R$ 3 bilhões de recursos privados, o programa “Goiás na Frente” definiu um recurso de R$ 230 milhões para ser aplicado nos 24 municípios da regional Sudeste

Serão investidos mais de R$ 94 milhões em obras estruturantes, dos quais R$ 18 milhões no programa Rodovida Construção; R$ 53 milhões no programa Rodovida Reconstrução e R$ 23 milhões no programa Rodovida Manutenção.

Para a Educação, foram destinados R$ 11 milhões; Saúde, R$ 5 milhões (construção do Credeq de Caldas Novas); Desenvolvimento Regional, Ciência, Tecnologia e Inovação, mais de R$ 4,4 milhões (construção do Itego de Catalão); Saneamento, R$ 33 milhões (R$ 3 milhões para implantação de sistemas de água e R$ 30 milhões para sistemas de esgoto); Habitação, R$ 18 milhões ( construção de 1.464 unidades habitacionais); UEG, R$ 2 milhões (construção de auditório com 400 lugares em Caldas Novas); Apoio aos municípios, R$ 34 milhões (pavimentação asfáltica, recapeamento, urbanização, galerias pluviais, construção e reforma de hospital municipal); Segurança, R$ 27,5 milhões (R$ 24,5 milhões na construção de Unidade Penal em Caldas Novas e R$ 3 milhões para construção do IML em Catalão).

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)