19 de janeiro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Baixa
13/01/2018 | 08h50
Dólar fecha no menor valor desde outubro um dia após rebaixamento
A cotação está no menor valor desde 20 de outubro (R$ 3,19)

Um dia depois de a agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) reduzir a nota soberana do Brasil, a moeda norte-americana fechou no menor valor em quase três meses. O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (12) vendido a R$ 3,206, com queda de R$ 0,012 (-0,38%). A cotação está no menor valor desde 20 de outubro (R$ 3,19).

A divisa fechou a terceira semana seguida em baixa e acumula queda de 3,26% em 2018. No mercado de ações, a bolsa de valores de São Paulo encerrou a sessão próxima da estabilidade. O índice Ibovespa teve queda de 0,02%, aos 79.349 pontos. Apesar do recuo nesta sexta-feira, o indicador acumula a quarta semana consecutiva de alta.

Ontem (11), a S&P rebaixou a nota do Brasil para três níveis abaixo do grau de investimento, garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública. Hoje mais cedo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o comportamento dos indicadores financeiros mostra que o rebaixamento já estava precificado (incorporado às previsões) e que o país continua crescendo com baixa inflação .

“Um ponto importante, que parece ser digno de ênfase neste momento, é a reação da economia no curto prazo, dos indicadores de mercado que reagem na mudança do rating no Brasil. Hoje, o dólar caiu um pouquinho, os juros de longo prazo caíram um pouquinho, e a bolsa continua estável”, declarou o ministro em entrevista coletiva. 

Informações Agência Brasil. (Foto: Reprodução)

Tópicos:  Dólar,   Baixa,   Cotação,   EUA

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)