17 de fevereiro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Imposto
19/01/2018 | 14h40
IPTU de Goiânia será entregue pelos Correios até 10 de fevereiro
Fim do prazo para o pagamento à vista, com 10% de desconto, vai até o dia 20 do mesmo mês. Tributo também pode ser dividido em até 11 vezes

A distribuição dos boletos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) estão sendo feitas desde o dia 10 de janeiro aos contribuintes de Goiânia. Nesta sexta-feira (19), os Correios divulgaram que o trabalho deve ser concluído até o dia 10 de fevereiro. O fim do prazo para o pagamento à vista, com 10% de desconto, vai até o dia 20 do mesmo mês.

A postagem e a entrega dos boletos são realizadas gradativamente, atendendo a cada postagem uma faixa de CEP, que é definida por região da cidade. A distribuição ocorre por meio do serviço de Carta Simples. Assim, se o contribuinte não estiver em casa no momento da entrega, o documento será deixado na caixa de correio. Em caso de endereçamento incorreto, o boleto do IPTU será devolvido à Prefeitura de Goiânia.

Assim como outros tributos, o IPTU de Goiânia poderá ser pago nas agências dos Correios que possuem atendimento do Banco Postal, uma parceria com o Banco do Brasil que consiste na prestação de serviços bancários básicos. O valor máximo para pagamento no Banco Postal varia de acordo com os limites da agência e perfil do cliente.

Se o contribuinte optar pelo parcelamento, o tributo poderá ser dividido em até 11 vezes, desde que o valor da parcela não seja inferior a R$ 24,52. De acordo com a prefeitura, estão sujeitos à cobrança do IPTU todos os imóveis em que sobre o respectivo terreno haja algum tipo de construção, seja residencial ou comercial. 

Foto: Reprodução/Prefeitura de Goiânia

Tópicos:  IPTU,   Goiânia,   entrega

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)