22 de setembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Negócios
16/02/2018 | 13h00
Nova edição da Feira Goiâniacal chega no Centro de Convenções na próxima semana
Feira destinada a lojistas traz coleções de outono/inverno de mais de 300 marcas. A expectativa é movimentar mais de R$ 40 milhões

Com expectativa de movimentar mais de R$ 40 milhões em vendas, a 7ª edição da Goiâniacal começa no próximo dia 21 de fevereiro e segue até o dia 25, no Centro de Convenções, em Goiânia. No total, o evento pretende reunir mais de 900 lojistas de todo o país, que poderão negociar as coleções de outono/inverno em primeira mão com preços especiais. 

O evento, destinado a lojistas, facilita compras que há alguns anos somente seriam feitas em grandes polos como Franca, em São Paulo ou no Rio Grande do Sul. Aqui, além de diminuir os custos, possibilita que os lojistas tenham todas as marcas reunidas em um mesmo local. Assim, compradores podem olhar todos os stands (que incluem adulto, infantil, esportivos) para depois fechar os pedidos do semestre.  

Em 2017 foram comercializados R$ 34,5 milhões em vendas com presença de mais de 670 lojistas de 150 municípios do Estado de Goiás e de outros estados que têm Goiânia como a central de compras. 

Representante comercial e um dos organizadores da feira, Tiago Furtado Bastos afirma que a expectativa em relação à feira é excelente. “Antes, para ter qualidade de compras, os lojistas precisavam se deslocar para grandes polos. Hoje, com a mesma qualidade e na data correta, ele consegue fazer essas compras em um raio de 300 km, no maior Centro de Eventos do Estado de Goiás, o Centro de Convenções”, completa.

Especificidades

Há mais ou menos cinco anos, o mercado entendeu que Centro-Oeste, Norte e Nordeste têm suas particularidades. Todas as fábricas presentes têm uma coleção que se diferencia um pouco de acordo com as regiões e estações. Tiago explica que, muitas vezes, as marcas seguem as cores do inverno ou do verão, mas as coleções são mais abertas. “Isso não significa que não trazem as coleções de inverno, Goiás é considerado um Estado Country, então também vendemos botas, por exemplo”, conclui.



Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)