16 de julho de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Imposto
07/03/2018 | 17h10
Sexta-feira é o último dia para quitar IPTU com 10% de desconto
A guia para pagamento sem multa, juros, correção monetária e com 10% de desconto pode ser emitida via internet, por meio do site www.iptugoiania.com.br

Termina nesta sexta-feira, 09, o prazo extra concedido pela Prefeitura de Goiânia para quitar com 10% de desconto o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2018. O benefício exclusivo para pagamento integral à vista vigora desde o dia 23 como efeito de diálogo entre o prefeito Iris Rezende e 19 vereadores para preservar cidadãos que, ante as discussões políticas e jurídicas que antecederam o vencimento do imposto, tiveram dúvidas sobre a vigência ou não da data pré-estabelecida para pagamento, originalmente em 20 de fevereiro. De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) não haverá novo prolongamento do prazo.

A guia para pagamento sem multa, juros, correção monetária e com 10% de desconto pode ser emitida via internet, por meio do site www.iptugoiania.com.br; nas unidades Atende Fácil do Paço Municipal e do Setor Sul; ou na rede Vapt Vupt em Goiânia. Os boletos podem ser pagos em qualquer agência bancária, das 10 às 16 horas; em caixas eletrônicos, das 6 às 22 horas; e casas lotéricas, das 8 às 21 horas – com oscilações de horário entre diferentes unidades. Também são alternativas o Banco Postal, que funciona das 8 às 22 horas, mas com variações conforme expediente de cada agência do Correios; canais telefônicos, de acordo com horário de atendimento definido pela instituição financeira onde o cidadão é cliente; além de aplicativos bancários para smartphones e de serviços de internet banking, que permitem pagamento até 23h59 da próxima sexta-feira, dia 09.

De acordo com a portaria 010, publicada no Diário Oficial do Município (DOM Eletrônico) no dia 23 de fevereiro com alteração no calendário fiscal referente ao exercício 2018, a nova data de vencimento do IPTU é válida apenas para pagamento integral do tributo à vista com 10% de desconto. Não há possibilidade de adesão ao benefício cidadãos que já fizeram o pagamento da primeira parcela. “Os vereadores viram a necessidade de um novo prazo porque receberam muitas demandas da população sobre a questão do pagamento ou não do IPTU. Depois de tantas questões judiciais, as pessoas tiveram dúvida sobre o prazo para pagamento e muita gente deixou de pagar achando que não precisava”, conta o vereador Tiãozinho Porto (PROS).

Atraso

A atenção à data é importante porque já no sábado (10), a perda do prazo extra determinado para pagamento volta a ser considerada inadimplência e, por isso, sujeita o IPTU 2018 às penalidades decorrentes do atraso. Isso inclui multas, juros, correção monetária, perda do desconto, protesto cartorário e, ainda, inscrição da dívida junto a órgãos de proteção ao crédito, a exemplo do SPC e Serasa. De acordo determinação do Código Tributário Municipal (CTM), em situações de atraso a prefeitura deve cobrar multa de 2%, mais 0,33% por dia corrido de atraso - até o limite de 10% - e juros de 1% rateado pela quantidade de dias em aberto.

 Foto: Reprodução 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)