25 de maio de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Alta
15/05/2018 | 09h35
Goiás tem recorde de contratações do FCO no primeiro trimestre
“Acreditamos que neste ano vamos superar os R$ 2,7 bilhões destinados a Goiás devido ao aquecimento da economia”, avaliou o secretário Leandro Ribeiro, titular da Secretaria de Desenvolvimento (SED)

O programa Fundo Constitucional Centro-Oeste (FCO) registrou em Goiás, neste primeiro trimestre de 2018, um saldo de contrações acima da média histórica de financiamentos, comparativamente aos anos anteriores. Com um total de R$ 673,2 milhões financiados em janeiro, fevereiro e março deste ano.

Foram recordes em contratação tanto para o Programa Rural (R$ 620,2 milhões) quanto para o Programa Empresarial (52,9 milhões) e, consequentemente, saldos positivos também na geração e manutenção de empregos nos dois setores da economia goiana, que totalizou 76.890 vagas de trabalho geradas ou mantidas no período.

Os dados foram apresentados nesta segunda-feira (14), durante a reunião do Conselho Desenvolvimento do Estado (CDE/FCO). “Acreditamos que neste ano vamos superar os R$ 2,7 bilhões destinados a Goiás devido ao aquecimento da economia”, avaliou o secretário Leandro Ribeiro, titular da Secretaria de Desenvolvimento (SED), que participou da reunião.

Na ocasião, também foram avaliadas e aprovadas pelos conselheiros do CDE/FCO 41 cartas-consulta tanto do setor empresarial quanto rural, com um total de R$ 151,5 milhões em financiamento. A previsão é de geração de 428 empregos diretos nos dois setores.

Para o Programa Rural foi aprovado um total de R$ 80,10 milhões em cartas-consulta destinadas a investimentos em infraestrutura, custeio, equipamentos, aquisições de matrizes e outras aplicações do setor.

No setor Empresarial, destaca-se a proposta da empresa Albioma Esplanada Energia, localizada em Goianésia, que teve aprovada carta-consulta no valor de R$ 28,29 milhões, para investimento na aquisição de equipamentos e engenharia de projetos de geração de energia elétrica.

Contratações

Tendo em vista a previsão orçamentária de R$ 2,7 bi para 2018 do Fundo Constitucional Centro-Oeste para os estados de Goiás, sendo que do desembolso já realizado no valor de R$ 1 bilhão, já foram contratados R$ 673.219 milhões.

Com resultados tão positivos para o curto período, onde mais de 50% dos recursos em desembolso já foi distribuído, a previsão é que, a exemplo do ano passado, sejam contratados mais que os R$ 2,7 bilhões destinados para Goiás neste ano.

O gerente Walber Santos Sousa anunciou a possibilidade de antecipar o remanejamento dos recursos não utilizados pelos demais estados do Centro-Oeste para que sejam disponibilizados para Goiás.

Na avaliação do gerente Regional de Negócios para Goiás do Banco do Brasil, Walber Santos de Sousa, “esses primeiros três meses de 2018 foram excelentes para as operações do FCO em Goiás. Historicamente excelentes, acreditamos que os resultados sejam frutos das caravanas realizadas no final do ano passado”, referiu-se ele aos eventos de divulgação realizados no interior do Estado. “Podemos acreditar que neste ano teremos uma demanda maior que a do ano passado”, comemorou.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)