14 de dezembro de 2017 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Goiás
18/04/2017 | 06h00
‘Vamos para vencer’, avisa Marcelo Rangel do Goiás
O alviverde bateu o Fluminense, por 2 a 1, na última quinta-feira, e volta a enfrentar o tricolor carioca amanhã

Felipe Bonfim 

Apesar da vantagem construída em Goiânia, o Goiás vai ao Rio de Janeiro em busca de mais uma vitória de acordo com o goleiro Marcelo Rangel. O alviverde bateu o Fluminense, por 2 a 1, na última quinta-feira, e volta a enfrentar o tricolor carioca amanhã, no Estádio Maracanã, no jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil.

Com o resultado da primeira partida, os esmeraldinos garantem classificação às quartas de final com um empate ou mesmo com uma derrota por um gol de diferença, desde que balancem as redes pelo menos duas vezes. O camisa 1, no entanto, garante que a equipe não irá jogar pelo regulamento.

“Toda vantagem que você constrói é importante, o Fluminense é uma grande equipe, eles são muito rápidos na frente, nos vimos ali. Mas todo jogo nos entramos pra vencer, então vamos pra lá pra vencer”, afirmou.

O elenco alviverde se reapresentou na tarde de ontem, no CT Edmo Pinheiro, e deu início aos trabalhos visando o confronto diante do Flu. Os atletas que foram titulares na vitória sobre o Atlético, por 2 a 1, pela semifinal do Campeonato Goiano, fizeram apenas atividade regenerativa.

O grupo treina na manhã de hoje e à tarde embarca para o Rio de Janeiro. Para o duelo de amanhã, o técnico Sílvio Criciúma não contará com o volante Pedro Bambu, lesionado. O volante Patrick, que recebeu o terceiro cartão amarelo, e o atacante Carlos Eduardo, expulso no duelo de ida, também são baixas. O lateral-esquerdo Tony, regularizado, está à disposição. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)