18 de outubro de 2017 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Esportes
19/04/2017 | 06h00
Barça tenta novo milagre
Equipe catalã recebe Juventus no Camp Nou e espera reverter mais um placar elástico

FELIPE BONFIM

Pé de coelho, ferradura, trevo de quatro folhas... O torcedor do Barcelona pode preparar o seu amuleto da sorte, pois a equipe precisará de cada pequena ajuda para eliminar a Juventus hoje, às 15h45 (horário de Brasília), no Estádio Camp Nou, na Espanha, no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões.

Goleados por 3 a 0 em Turim, Itália, os catalães precisam vencer por quatro gols de diferença ou devolver o placar da primeira partida e tentar a classificação através da disputa de pênaltis.

A equipe do técnico Luis Enrique já se mostrou capaz de buscar resultados improváveis nesta temporada. O time espanhol massacrou o PSG por  6 a 1 mesmo após ter sido goleado por 4 a 0 na França e conseguiu uma classificação histórica. Agora, tentam repetir o feito.

O problema é que terão pela frente um paredão construído pela Juventus, liderado, principalmente, pelo goleiro Buffon, já em seus 39 anos. A Velha Senhora sofreu apenas dois gols nos nove jogos disputados até aqui na competição e não é vazada desde a 5ª rodada da fase de grupos, quando bateu o Sevilla, por 3 a 1, fora de casa.

Os números, no entanto, pouco significam para o meia Andrés Iniesta. O atleta do Barça segue confiante na capacidade de seus companheiros e aposta também no peso da camisa catalã para buscar os gols necessários para se manterem vivos na competição.

“A Juventus sofreu dois gols na Champions. São dados, mas para nós não muda. Sigo vendo o time com potencial suficiente para fazer gols e virar esta eliminatória, que está difícil. Não sei se pode influir a virada contra o PSG, mas estou convencido que eles sabem que jogar contra o Barça pode gerar muitos problemas”, disse.

Mas não só o Barcelona irá entrar em campo buscando o gol. A Juve também espera balançar as redes e complicar a vida do adversário. Se conseguirem marcar um, os italianos obrigam os espanhóis a buscarem cinco.

“Acho que temos 60% de chances de se classificar e o Barça 40%, com todo o respeito, mas sabemos que todos os jogos são complicados no Camp Nou e queremos marcar gols. Não apenas nos defender. Temos a intenção de machucar o Barça e um gol faria muita diferença. Se passarmos pelo Barça, e espero que façamos isso, teremos então eliminado o melhor time do mundo”, afirmou Daniel Alves.

Quartas

Além do confronto entre Barcelona e Juventus, as quartas de final da Liga dos Campeões contam ainda com outro duelo nesta tarde. Monaco e Borussia Dortmund se enfrentam às 15h45 (horário de Brasília), no Estádio Louis II, em Mônaco. Como venceram na Alemanha por 3 a 2, os franceses avançam com um empate ou mesmo com uma derrota por um gol de diferença, desde que não sejam vazados por quatro ou mais vezes. 

Real Madrid elimina  Bayern na prorrogação 

O Real Madrid aproveitou a vantagem numérica em campo e bateu o Bayern de Munique na prorrogação, por 4 a 2, no Estádio Santiago Bernabéu, na Espanha, e garantiu classificação às semifinais da Liga dos Campeões. Derrotada por 2 a 1 no tempo normal, a equipe do técnico Zinedine Zidane marcou três na prorrogação e se manteve viva no torneio.

Apesar de ter sido bastante movimentado na primeira etapa, o jogo contou com gols apenas a partir do segundo tempo. Logo após a volta dos vestiários, Robben foi derrubado por Casemiro na área e o juiz marcou a penalidade. Na cobrança, Lewandowski bateu no meio e abriu o placar.

O empate do Real Madrid veio já aos 30 minutos e o gol de Cristiano Ronaldo parecia selar a classificação. Casemiro alçou bola na área e o português testou para o fundo das redes. Logo após a retomada da partida, porém, em novo cruzamento para a área, Muller ajeitou de peito para Lewandowski. Antes dela chegar ao polonês, Carvajal tentou cortar, a bola foi em direção a Sergio Ramos, que se atrapalhou e fez o gol contra. Era o segundo do Bayern, 2 a 1 e que significava prorrogação. 

O Real sobrou nos 30 minutos que decidiriam a partida. Cristiano fez mais um aos 14 do primeiro tempo de prorrogação. Sergio Ramos cruzou, Ronaldo, impedido, matou no peito e mandou para as redes. O placar de 2 a 2 já dava a classificação aos espanhóis, mas a equipe continuou no ataque. O português ainda faria um terceiro gol após jogada individual de Marcelo aos 3 minutos da segunda etapa. O brasileiro limpou a defesa e deu o para o atacante apenas completar para as redes. Aos 6, Asensio, em mais uma jogada individual, driblou pela direita e bateu cruzado para fazer o quarto do Madrid.

Classificado

O Atlético, mais um espanhol de Madrid, também se classificou ontem após empate em 1 a 1 com o Leicester City, na Inglaterra.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)