16 de dezembro de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Serie A
11/10/2017 | 06h00
No duelo de xarás, Dragão quer vitória
Rubro-negro enfrenta Atlético-PR, em Curitiba, disposto a continuar surpreendendo longe de Goiânia

Edivaldo Barbosa

O Atlético Goianiense tem consciência de que cada jogo é uma decisão até o final do Campeonato Brasileiro da Série A. Para evitar o rebaixamento, o rubro-negro precisa de um aproveitamento invejável. Após fazer um decepcionante 1º turno, a equipe goiana deu mostras de que tem potencial e poder de reação para evitar, quando 2018 chegar, ser o­brigado a disputar a Série B. 

Se no 1º turno a pontuação do Atlético foi pífia – conquistou apenas 12 pontos em 19 jogos –, no returno a campanha é invejável até agora. Nas sete partidas que entrou em campo, o rubro-negro venceu quatro, empatou uma e sofreu apenas duas derrotas – um aproveitamento de 61,90%. Mesmo demonstrando poder de reação, o atual campeão da Série B segue na lanterna do Brasileiro, agora com 25 pontos.

Após o recesso do Brasileiro para a disputa das duas últimas rodadas das Eliminatórias, o Atlético Goianiense volta a campo para enfrentar seu homônimo, o Atlético Paranaense, nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 27ª rodada. Se vencer a quinta partida fora de casa neste returno, o rubro-negro terá, finalmente, a chance de deixar a incômoda lanterna da Série A.

O técnico João Paulo Sanches teve tempo suficiente para preparar a equipe. Depois de vencer por 2 a 0 o Avaí longe de Goiânia, no dia 1º de outubro, o comandante atleticano teve mais de uma semana para intensificar os treinos, sobretudo no aspecto de marcação e está confiante em surpreender o adversário desta noite, que realiza uma campanha regular no Brasileiro.

Para o confronto de rubro-negros, a equipe goiana terá duas mudanças com relação àquela que bateu o Avaí na última rodada. O zagueiro Gilson cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo e retorna no lugar de Eduardo no miolo de zaga. Suspenso, o volante Andrigo não viajou com a delegação para a capital paranaense. Niltinho, com isso, ganha oportunidade entre os 11 titulares.

Niltinho enfatiza que a partida  de hoje será mais uma decisão e o Atlético vai em busca do objetivo de pontuar. “Sabemos o quanto é importante pontuar. É uma vitória excelente, mas sabemos da pressão que é dentro de casa e posse de bola que eles possuem, é uma característica deles. O João treinou bastante nessa semana e vamos sair com o resultado positivo de lá”, disse o jogador um pouco antes de a delegação embarcar para Curitiba.


Reabilitação

Derrotado pelo xará Atlético Mineiro na última rodada pelo placar de 2 a 0, o Atlético-PR busca a reabilitação para continuar alimentando o sonho de disputar a Libertadores da América em 2018. Com 34 pontos, o Furacão sabe que precisa pontuar para se manter no encalço dos clubes que pensam em jogar o torneio intercontinental.

Depois de pouco mais de uma semana de trabalhos, o técnico Fabiano Soares espera contar com os melhores jogadores para o duelo desta quarta-feira. “Eu espero que nesta terça-feira não haja nenhum problema e que eu possa escolher os melhores para o jogo”, afirmou o técnico atleticano, que deve começar o jogo com Gedoz e Pavez entre os titulares.

No treino de ontem, porém, o zagueiro Paulo André passou a ser dúvida no Atlético-PR. O jogador não participou do último treino do Furacão por causa de uma contusão na panturrilha. Caso ele não jogue, a dupla de zaga será formada por Thiago Heleno e Wanderson. 


Ficha técnica 

Jogo: Atlético-PR x Atlético-GO. Local: Arena da Baixada, às 19h30, em Curitiba. Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES). Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES). 

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rossetto (Pavez), Lucho González; Guilherme, Felipe Gedoz e Nikão; Ribamar. 

Técnico: Fabiano Soares. 


Atlético-GO: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Ronaldo, Paulinho, Niltinho, Jorginho e Luiz Fernando; Walter. 

Técnico: João Paulo Sanches. 

(Foto: Reprodução) 

Tópicos:  Atlético,   Sere A,   Campeonato

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)