14 de agosto de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Basquete Feminino
09/08/2018 | 17h10
Seleção inicia trabalhos visando o Sul-Americano
Campeonato da América do Sul está marcado para o dia 30 de agosto

*Luiz Felipe Mendes

Se você é fã de basquete, anote na sua agenda a seguinte informação: o Sul-Americano feminino começa no dia 30 de agosto e vai até 4 de setembro. Sediado na Colômbia, torneio vale vaga para a Copa América de 2019, além de ser um campeonato conceituado e que teve sua primeira edição em 1946. A maior vencedora é a seleção brasileira, a qual iniciou a preparação para a competição continental.

26 medalhas de ouro, cinco de prata e duas de bronze, totalizando 33 – este é o desempenho do Brasil nas 35 edições do Sul-Americano até aqui. Para se ter uma ideia da superioridade brasileira, o segundo lugar geral, o Chile, tem apenas quatro medalhas de ouro, cinco de prata e sete de bronze, com 16 no total, menos da metade das premiações da nossa seleção. O Brasil figura o Grupo A, ao lado de Chile, Paraguai e Venezuela, com a outra chave sendo formada por Equador, Colômbia, Argentina e Peru, e aqueles que ao menos alcançarem as semifinais garantem vaga na Copa América. Liderada pelo técnico Carlos Lima, a seleção deu início à sua preparação em Campinas, no estado de São Paulo. (*Luiz Felipe Mendes é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje)

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)