23 de outubro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Série B
10/08/2018 | 16h50
Vila descansa e espera intensificar poder de fogo
Neste fim de semana, a equipe descansa, mas o técnico Hemerson Maria terá um novo atacante à disposição daqui para a frente - Léo Itaperuna

*Luiz Felipe Mendes

O clima no Vila Nova poderia ser melhor, mas ainda há um turno inteiro pela frente. Com o objetivo de enfim conseguir subir para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, o alvirrubro vem treinando sob a tutela do treinador Hemerson Maria, o qual ganhou uma novidade no ataque para os próximos dias – o atacante Léo Itaperuna, ex-Paraná. Neste fim de semana, no entanto, a comissão técnica promoveu uma folga geral aos jogadores.

O Vila só volta a campo na próxima sexta-feira, dia 17, contra o CRB, atual membro da zona de rebaixamento. Em seguida, pega mais um do Z-4, o Sampaio Corrêa, antes do clássico decisivo contra o Goiás. Com uma série de tropeços recentes, o Tigre precisa se recuperar o mais rápido possível para retornar ao pelotão de cima da Série B. Com um índice baixo de gols marcados – 17 em 20 duelos disputados –, Léo Itaperuna chega como esperança para que o time volte a balançar as redes com mais frequência, demonstrando assim um poder de fogo maior.

A primeira metade da competição nacional terminou com o Vila se firmando como o melhor goiano do torneio. A derrota para o Avaí, porém, fez com que a equipe caísse posições, correndo sério risco de despencar ainda mais na tabela de classificação. Se todos os seus adversários diretos triunfarem, o Tigre vai terminar a 20ª rodada em nono lugar, algo desanimador para um time que estava em quarto na semana passada. Por outro lado, ainda há quase um turno inteiro a ser decidido, e ainda existe tempo para a recuperação. (*Luiz Felipe Mendes é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje)

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)