13 de novembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Acesso a elite
05/11/2018 | 06h00
Contra o Sampaio Corrêa, Goiás busca se recuperar
Depois de seguidos tropeços na Série B do Brasileiro, o alviverde quer voltar a vencer na reta final para evoluir na briga pelo acesso

*Luiz Felipe Mendes

Time que acha que o objetivo já foi concluído, sendo que o mesmo ainda não foi assegurado, tende a cair em uma armadilha ardilosa. Com uma volta por cima surpreendente e uma ótima campanha, o Goiás se firmou no G-4 e foi subindo cada vez mais degraus rumo ao acesso para a elite nacional. Porém, com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, a situação apertou. Para se recuperar, a equipe recebe hoje o Sampaio Corrêa no Estádio Olímpico, às 20 horas.

Não dá para saber o que exatamente causou a queda de rendimento esmeraldina, se foi desgaste físico, pressão psicológica, o famoso “salto alto” ou várias dessas características juntas. O que é fato é que os comandados de Ney Franco não estão conseguindo atuar da mesma maneira nesta reta final de Série B. Agora na 35ª rodada, a quatro partidas do desfecho do torneio, o Goiás tem real chances de terminar fora do G-4, o que pode ser algo fatal nas atuais conjunturas. Por outro lado, uma vitória hoje pode dar um novo espírito ao alviverde.

O adversário da vez é o Sampaio Corrêa. Afundado na 19ª colocação, vice-lanterna da segunda divisão do Brasileiro, os maranhenses quase se viram perto de deixar o Z-4 no último embate, mas sofreram uma virada dentro de casa para o CSA, o qual acabou levando os três pontos. No momento, o Sampaio está a seis pontos do CRB, primeiro membro de fora da zona da degola. Para escapar da Série C, a equipe não depende mais somente de si, e vive uma situação de vida ou morte. Com isso em mente, eles com certeza não vão facilitar a vida goiana no Estádio Olímpico.

No caso do Goiás, o time é o quarto colocado, com dois pontos a mais que o Vila Nova, em quinto. Se perder hoje e o seu principal rival triunfar amanhã diante do Brasil de Pelotas, o G-4 trocará de goianos. Para se garantir por mais uma rodada na zona do acesso, o Goiás precisa pelo menos empatar, mas em caso de vitória de seus adversários diretos a pressão aumenta ainda mais. O embate com o Sampaio Corrêa é o típico confronto em que somente a vitória é um resultado bom, ainda mais se considerarmos que tecnicamente os mandantes são muito superiores.

Quanto à escalação alviverde, o técnico Ney Franco não vai poder ter o zagueiro David Duarte, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O substituto natural deve ser o experiente Edcarlos. No meio de campo, Giovanni retorna e deve assumir a vaga de João Afonso. Em relação ao posto de camisa dez, Felipe Gedoz e Renato Cajá disputam a titularidade, mas não é possível prever porque no fim de semana o clube treinou com portões fechados. No ataque, Maranhão e Rafinha são os mais cotados para jogar pelo lado do campo, com o habilidoso Michael e o artilheiro Lucão comandando as ações ofensivas.

Ficha técnica 

Goiás x Sampaio Corrêa 

Local: Estádio Olímpico, hoje, às 20 horas, em Goiânia. Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (Rio de Janeiro). Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (Rio de Janeiro) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (Rio de Janeiro).  

Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, Edcarlos e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá (Felipe Gedoz); Maranhão (Rafinha), Michael e Lucão. 

Técnico: Ney Franco

Sampaio Corrêa: Andrey; César Sampaio, Joécio, Odair e Julinho; Jocinei, Adilson Goiano, Esquerdinha, Fernando Sobral e Matheuzinho; Jheimy. 

Técnico: Marcinho Guerreiro 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)