24 de março de 2019 - domingo

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Tênis
09-01-2019 | 06h00
Na Austrália, três brasileiros brilham
No primeiro dia de disputas no ATP de Sydney e no Aberto da Austrália, apenas Guilherme Clezar sofreu uma eliminação

*Luiz Felipe Mendes

A Austrália no momento está sendo o grande palco do tênis internacional. Na cidade mais famosa do país, começou o ATP de Sydney, e tem brasileiro na jogada. Na briga para se recuperar de uma queda precoce em Doha, Bruno Soares entrou em quadra ao lado de sua dupla, o britânico Jamie Murray, e os dois venceram o primeiro compromisso. No Aberto da Austrália, em Melbourne, Bia Haddad e Thiago Monteiro venceram seus jogos, mas Guilherme Clezar foi eliminado.

O ATP de Sydney é um torneio anual que data de 1885, caracterizando-se como um dos mais antigos do mundo do tênis. Os atuais campeões na categoria de duplas masculinas são o brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, mas eles não estão disputando neste ano. Em vez disso, Bruno Soares representa nosso país ao lado de Jamie Murray. Na primeira rodada, eles bateram o mexicano Santiago González e o paquistanês Aisam-ul-Haq Quereshi por 2 a 0 e parciais de 6/4 nos dois sets. O próximo embate, válido pelas quartas de final, foi contra o francês Edouard Roger-Vasselin e o croata Ivan Dodig e aconteceu na última madrugada, e iremos atualizar o placar na edição de amanhã. 

Já no Aberto da Austrália, um dos campeonatos do Grand Slam, o Brasil começou com três representantes e quase fechou o dia com uma campanha de 100% de aproveitamento. Na simples feminina, Bia Haddad demonstrou maturidade para passar pela estadunidense Lauren Davis em um placar de 2 a 0, com duas parciais de 6/3. Sua próxima adversária nas qualificatórias é a eslovena Kaja Juvan. No simples masculino, Thiago Monteiro, o tupiniquim mais bem colocado no ranking mundial, ganhou do australiano Aleksandar Vukic por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 7/6 (7-5) e 6/3, em uma partida de quase duas horas de duração. O desafio seguinte é diante do francês Grégoire Barrère. Porém, o outro brasileiro, Guilherme Clezar, perdeu para o alemão Rudolf Molleker por 2 a 0, com parciais de 7/6 (12-10) e 7/6 (8-6), e deu adeus para as classificatórias.

Rio Open

Entre os dias 18 e 24 de fevereiro, ocorre a disputa do Rio Open, uma etapa de ATP sediada no Jockey Club Brasileiro no Rio de Janeiro. A organização do evento divulgou a lista oficial dos tenistas que vão participar do torneio, ainda com oito vagas em aberto para a chave principal, com três convites a serem feitos, quatro provenientes das classificatórias do Rio Open e para um atleta que esteja em ação em outro campeonato. Na relação dos nomes, apenas Thiago Wild surge para representar o nosso país no simples. Segue a lista completa: Dominic Thiem, Fabio Fognini, Marco Cecchinato, Diego Schwartzman, Carreno Busta, Malek Jaziri, Nicolas Jarry, João Sousa, Dusan Lajovic, Leonardo Mayer, Albert Ramos, Guido Pella, Aljaz Bedene, Maximilian Marterer, Roberto Carballes, Jaume Munar, Federico Delbonis, Taro Daniel, Guido Andreozzi, Pablo Andujar, Christian Garin, Pablo Cuevas e Laslo Djere. 

(62) 3095-8700