Sexta-feira, 15 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Claudinei não vê motivos para anular partida contra a Chapecoense

Postado em: 11-06-2019 às 00h10
Treinador esmeraldino não acredita em cancelamento do jogo

Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC 

Felipe André

A partida entre Goiás e Chapecoense não aparenta ter terminado após o apito final do árbitro Igor Benevenuto na noite desta última segunda-feira (10), no Serra Dourada. Após o presidente da equipe catarinense, Plinio David de Nes afirmar que vai pedir a anulação da partida contra o clube goiano o treinador do Verdão, Claudinei Oliveira apresentou o seu ponto de vista e não acredita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai acatar o pedido de Plinio.

"Eu acho que não teve nenhum erro de protocolo do VAR então é impossível se anular ou cancelar um jogo e a TV Globo [citada por Plinio] não apita o jogo, quem apitou hoje foi o Igor Benevenuto. No lance do pênalti o Léo Sena parou e ficou reclamando que foi pênalti eu falei para ele ter calma e se posicionar que se o VAR chamasse ele tomaria uma decisão, o VAR viu achou que o Igor deveria dar uma olhada, ele olhou e marcou o pênalti, ponto. O lance do vermelho o árbitro deu o cartão e o VAR olhou e concordou, então não precisava olhar, mas se a Central do Apito [programa da Rede Globo] não achar aí é na transmissão e não tem influência no jogo, mas tem direito a ter a opinião deles. Não adianta agora querer anular todo jogo, não fazia isso quando tinha o VAR e agora que tem vai querer anular. Não teve erro no protocolo", afirmou Claudinei.

Antes de chegar no Goiás para a disputa da Série A, Claudinei Oliveira estava trabalhando na Chapecoense e tratou de elogiar o presidente do clube catarinense, mas ressaltou que a fala de Plinio pode ter sido com a emoção a flor da pele.

"Respeito a Chapecoense, trabalhei com o Plinio é um homem muito educado e querido, mas no futebol as emoções afloram e as pessoas falam o que não tem que falar, tomam motivos que não tem que tomar, mas o torcedor pode ficar tranquilo que os três pontos já estão aqui, não precisa se preocupar", finalizou o treinador esmeraldino.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar