Quinta-feira, 22 de agosto de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Brasil encerra sua preparação antes de enfrentar o Chile em Goiânia

Postado em: 14-08-2019 as 14h02
Guilherme Della Dea (centro) orienta seleção brasileira durante treinamento no CT Edmo Pinheiro - Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Felipe André

A seleção brasileira sub-17 encerrou sua preparação nesta quarta-feira (14) no CT Edmo Pinheiro para enfrentar  o Chile no primeiro dos dois amistosos que serão realizados em Goiânia. Comandados por Guilherme Della Dea e de olho no Mundial sub-17 que terá a capital goiana como uma das sedes, com dois estádios, o Brasil vai enfrentar os chilenos no Estádio Hailé Pinheiro, às 16h30 (horário de Brasília) neste sábado (17) . O Mundial Sub-17 vai ser realizado em solo brasileiro entre 26 de outubro e 17 de novembro. A seleção brasileira está no grupo A da competição ao lado de Canadá, Nova Zelândia e Angola. No fim do último mês os brasileiros venceram o Paraguai, por 2 a 0 e 4 a 1, em duas partidas que foram realizadas no Estádio São Januário.

“Esses atletas ainda estão em formação, muitos desses jogadores já estão vivenciando o profissional e nós como treinadores temos que mostrar a eles o que a gente entende como ideal dentro de cada posição. Aqui na seleção brasileira não é diferente de clube, tanto que hoje temos uma facilidade muito grande de comunicação com os treinadores desses atletas e a gente ajusta com as ideias da seleção. É muito gratificante saber disso e saber que esses atletas estão entendendo os ideais da seleção”, disse o treinador da seleção brasileira sub-17, Guilherme Delle Dea.

Entretanto o grupo não está completo. O Vasco decidiu não liberar o atacante Talles Magno que está sendo utilizado no grupo profissional, apesar de ter sido convocado. O também atacante Kaio Jorge não foi convocado após o Santos ter informado a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que também não iria liberar o jogador.

“Não vou mentir, é claro que atrapalha o nosso planejamento [não contar com os dois], mas a gente tem uma equipe extracampo que são os nossos observadores que estão ligados no dia a dia desses atletas e dos jogos deles. Por exemplo o Kaio Jorge voltou a jogar pelo sub-20, então nós vamos conseguir continuar monitorando esse atleta e como eu sempre digo sobre o Kaio, Talles ou qualquer outro para eles estarem na seleção eles precisam jogar pelos clubes deles. Não vou convocar um atleta que eu não consiga ter essa visualização. Eu sou uma pessoa que abraça muito os atletas que estão comigo e eu sei que eles vão corresponder”, completou Guilherme.

Mas tem um toque goiano na seleção, o zagueiro Paulo Eduardo que atua no Cruzeiro é convocado desde o sub-15 e apesar de ter nascido em Anápolis, vai jogar “em casa”. “É um prazer enorme estar aqui representando a seleção brasileira em Goiás. É um sonho”, ressaltou o atleta que foi direto para o clube mineiro, sem passar por nenhum clube da capital goiana.

Após um treino para “reforçar as ideias já estabelecidas”, como Guilherme definiu, a seleção brasileira deve entrar em campo contra o Chile no primeiro amistoso com a seguinte formação: Marcelo (Fluminense); Yan (Coritiba), Renan (Palmeiras), Luan Patrick (Athletico-PR) e Patryck (São Paulo); Calegari (Fluminense), Thales Costa (São Paulo) e Reinier (Flamengo); Veron (Palmeiras), Peglow (Internacional) e Felipe (Atlético-MG). O segundo amistoso que também será contra os chilenos, está marcado para o próximo sábado (17). Desta vez será disputado no Estádio Olímpico, às 14h. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar